Rádios On-line
9256
O LIXO E A INSÔNIA

Possibilidade de afastamento assombra gabinete de prefeito

Juristas teriam feito alerta sobre gravidade de descumprimento de acordo com Ministério Público em relação a transporte de lixo e pontuado possíveis consequências

19 FEV 2019 - 16h:10Por Redação

Informações de bastidores atestam que o prefeito Ronaldo “Miziara” (PSDB) está preocupadíssimo com o fato de o Ministério Público ter solicitado explicações sobre a interrupção do transporte do lixo municipal para o aterro sanitário Buritis, entre os municípios de Três Lagoas e Águas Claras. De acordo com a empresa Kurica Ambiental, o serviço ficou suspenso por - pelo menos - 20 dias, por falta de pagamento da Prefeitura de Paranaíba. Os atrasos já se acumulavam por  90 dias, antes de a empresa interromper o serviço. Segundo fontes, alguns especialistas em gestão pública teriam alertado a cúpula da prefeitura de que, se comprovado o descumprimento do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) da prefeitura com o MP, há a possibilidade de pedido de afastamento por 180 para investigação e, posteriormente, caso a coisa evolua e chegue às mãos de um magistrado, sendo por este entendido o descumprimento de forma dolosa - com intenção -, caracterizaria improbidade administrativa. Fontes da capital afirmam que Miziara já estaria pedindo ajuda na cidade Morena.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13