Rádios On-line
CORONAVÍRUS

Prefeitura pagará R$ 110 mil em testes rápidos para covid-19

Esse tipo de exame aponta se a pessoa teve ou não contato com o vírus

22 MAI 2020 - 08h:32Por Talita Matsushita

O pregão realizado na quinta-feira (21) para compra dos testes rápidos COVID-19, para utilização dos profissionais de saúde que apresentarem sintomas gripais durante a pandemia teve como vencedor o Diagnolab Laboratórios Eireli, de Campo Grande com o lance de R$ 110 mil por 1 mil testes.

Conforme o Portal da Transparência, a empresa havia apresentado proposta no valor de R$ 205 a unidade, porém em rodada de lances apresentou a oferta de R$ 110 por unidade da marca ABBOTT.

A marca ABBOTT anunciou que oferece resultados positivos em menos de cinco minutos e negativos em 13 minutos. Trata-se de um equipamento que emprega tecnologia molecular, com a identificação de uma pequena seção do genoma do vírus.

Basicamente, esse tipo de exame aponta se a pessoa teve ou não contato com o vírus. Quando uma pessoa entra em contato com o vírus, o organismo inicia a produção de anticorpos como um mecanismo de defesa. No entanto, é preciso aguardar alguns dias até que a quantidade desses anticorpos seja detectável em um teste (janela imunológica).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13