Rádios On-line
8990
PRESOS

Prisão preventiva é decretada para suspeitos de assalto

Irmão são suspeitos de assaltar um casal de idosos no dia 13 de setembro

19 SET 2019 - 18h:40Por Alex Santos

Dois homens de 31 e 32 anos, foram presos na manhã desta quinta-feira (19), em Paranaíba. A prisão preventiva foi decretada por ordem judical, e executada pela equipe da Força Tática da PM e agentes da Polícia Civil.

Os irmãos são suspeitos de assaltar um casal de idosos, em uma chácara no dia 13 de setembro. Os assaltantes  estavam armados. Os idosos foram ameaçados pela dupla, durante a ação o neto das vítimas chegava na chácara, e acabou abandonado uma motocicleta Honda Broz 160, que foi levada pelos assaltantes. A dulpla também acabou levando dinheiro das vítimas, a motocicleta ainda não foi encontrada pela polícia.

Os policiais foram até a residência dos suspeitos, localizada na Rua Praia Grande, onde foram informados da ordem judicial, sendo posteriormente encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil.

O caso

Um casal de idosos, Maria Lúcia Rosa de Freitas, 75 anos, e Valter de Sousa Rosa, 85 anos, passou por momentos de pânico na manhã de sexta-feira (13). Os idosos foram rendidos por dois assaltantes armados na chácara onde moram, receberam ameaças e tiveram dinheiro e uma moto levados do local. O crime ocorreu por volta das 11h, próximo ao bairro Jardim Primavera, também conhecido como “Portelinha”, em Paranaíba (MS).

Em seu relato, Maria Lúcia contou que estava fazendo almoço enquanto Valter estava deitado na sala, momento em que dois homens de estatura mediana chegaram em uma motocicleta, invadiram a residência a anunciaram o assalto. A dupla afirmou que estava no local a procura de dinheiro e armas. O casal informou que na casa não havia arma e entregou R$ 80 aos bandidos.

Não conformados com a quantia, os criminosos passaram a revirar toda a residência em busca de objetos de valor. Desesperado, Valter voltou a informar que não possui cofre ou guarda dinheiro em casa, oferecendo o talão de cheques aos bandidos em troca de que deixassem ele e sua esposa vivos.

Enquanto as vítimas eram feitas reféns dentro da residência, o neto do casal chegou ao local e, ao ouvir o barulho da moto se aproximar, Maria gritou alertando para que o rapaz não entrasse na casa, pois estavam sendo assaltados. O jovem, que já havia estacionado a motocicleta, fugiu à pé, momento em que os criminosos se evadiram do local na moto utilizada para o assalto, uma Honda CG Titan azul, levando também a moto deixada pelo neto do casal, uma Honda Bros 160, placas OOO 6630. A Família registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Horas após crime, o neto e um filho do casal encontraram a moto utilizada pelos assaltantes em um bairro próximo ao local. A motocicleta estava com um homem que afirmou ter emprestado o veículo a um amigo no momento em que o crime ocorreu. O homem se ofereceu para levar os familiares das vítimas à residência do suposto amigo. Chegando ao local encontraram a esposa do suposto amigo que informou que, realmente, por volta das 11h, o marido e o cunhado teriam saído da residência naquela moto apresentada, não sabendo informar o destino. Enquanto conversavam com a mulher, o suposto amigo, o jovem que teria feito uso da moto no mesmo horário em que o crime ocorreu, chegou ao local e fez ameaças. “Eu não tenho nada a ver com isso, e se você chamar a Polícia você vai se ver comigo”, disse.

Este mesmo jovem foi reconhecido por ter ido à residência do casal dias antes do crime, acompanhado de um homem, e pedido ajuda afirmando estar com problemas em um carro próximo ao local.

O proprietário da moto usada no crime foi preso pela Polícia Civil junto com o veículo. O caso segue em investigação.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13