Rádios On-line
TIPO GASOLINA?

Em um ano, projeto propõe segundo reajuste salarial a Miziara

Ao solicitar à Câmara reajuste de 5% nos salários dos servidores municipais, prefeito de Paranaíba inclui seu próprio salário e de vice

26 JAN 2018 - 08h:00Por Leonardo Guimarães, Lucas dos Anjos e Otávio Neto

Em um projeto de lei que será enviado à Câmara Municipal, o prefeito de Paranaíba, Ronaldo José Severino de Lima (Ronaldo Miziara-PSDB), propõem reajuste salarial de 5% aos servidores públicos municipais de todos setores da prefeitura. O benefício é extensivo aos contratados, detentores de cargos de confiança, ao próprio prefeito e ao vice. Esta é a segunda vez, em um ano, que um projeto de lei solicita aumento de salário para o prefeito.

De acordo com o projeto, o reajuste inflacionário de 5% deverá ser divido em duas partes, sendo 2,94% concedido pela base do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) que é a reposição inflacionária e 2,06% seria o aumento real nos vencimentos dos servidores. Para que o aumento tenha validade, é necessária a aprovação na casa de leis do município. Os vereadores retornam do recesso parlamentar no próximo dia 5 de fevereiro, quando deverão receber o projeto para análise e votação.

Na manhã da última quarta-feira (24), enquanto dava posse para 57 novos servidores aprovados num concurso realizado ainda em 2015, Ronaldo Miziara anunciou que o Projeto de Lei para o reajuste salarial será enviado ao legislativo. “Procuramos conceder um ganho real acima da inflação. Muitas vezes não se consegue pagar o salário justo, mas estamos pagando o que é possível”, disse o Miziara, que ganha atualmente um salário mensal de R$ 23.420 e com o aumento de 5% passará a receber um salário mensal de R$ 24.591.

O último aumento salarial concedido ao prefeito foi de 30,17%. Os vereadores de Paranaíba recuaram da polêmica salarial envolvendo reajuste de 37%.

A média salarial dos servidores públicos do município é de R$ 954.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13