Rádios On-line
CORONAVÍRUS

Santa Casa adota novas regras para acompanhantes e visitas

Acompanhantes com sintomas de gripes não serão permitidos

23 MAR 2020 - 15h:51Por Talita Matsushita

A Santa Casa de Misericórdia de Paranaíba, pensando na segurança e prevenção de seus pacientes contra o COVID-19, adotou novas regras para acompanhantes e visitantes. A mudança já vale desde o último sábado.

Os acompanhantes serão permitidos somente para as situações previstas em lei, ou seja menor de 18 anos, idosos a partir de 60 anos de idade e deficientes, salvo situações por recomendação formal (por escrito) dos médicos.

Já acompanhantes com sintomas de gripes não serão permitidos, além disso não será autorizado visitas de crianças e pessoas maiores de 60 anos, e nem mesmo acompanhantes com idade superior a 60 anos.

As visitas religiosas em grupo estarão suspensas temporariamente.

Serão permitidas apenas 1 visitante por paciente nos seguintes horários:  9h às 9:30h, 16h às 16h30, 19h30 às 20h.

Já para visitas na retaguarda também será permitido apenas um visitante por paciente: 10h às 10h30, 15h às 15h30, e 18h30 às 19h, sem revezamento.

“Essas ações serão implantadas para garantir a proteção de nossos pacientes e também para contribuir com as recomendações de melhores práticas, evitando a transmissão da doença o máximo possível”, diz nota publicada pela Santa Casa.

Maternidade

O setor da Maternidade também tem novas regras para acompanhante e visitantes.

A entrada das gestantes, com cesariana agendada, será de segunda à sexta-feira das 6h às 18h pela Av. Durval Rodrigues Lopes. Após o horário mencionado e em situações de urgência e trabalho de parto, entrada será pelo Pronto Socorro na sala da "Triagem 2".

Não está autorizado entrar visitantes na maternidade. Já acompanhantes serão autorizados, desde que não apresentem sintomas gripais e não sejam do Grupo de Risco.

Além disso, durante este período crítico não será permitido a entrada de acompanhante durante o parto no centro cirúrgico.

A troca de acompanhante somente a cada 24 horas e caso o acompanhante não seja o pai da criança, o pai poderá visitar das 15h30 às 16h.

“São mudanças importantes para proteger a gestante e o recém-nascido”, reforça a nota.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13