Rádios On-line
8934
TUDO NOVO

‘Síndrome de fim de ano’ não pode influenciar nos novos projetos, afirma psicóloga

Fazer um planejamento de como alcançar as metas é fundamental

28 NOV 2018 - 09h:29Por Lucas dos Anjos

Tradicionalmente o fim de ano é uma época festiva. Para alguns é hora de colocar os planos na balança e saber o que deu certo e isso pode não ser nada positivo. Plano de emagrecer, cursar um novo idioma, dedicar mais aos estudos, ou até mesmo de mudar de um emprego, a balança sempre pesa para o lado da não realização de algumas metas.

Para a psicóloga Vivian Nunes Garcia, é necessário abandonar a síndrome de fim de ano para que ela não influencie nos novos projetos. “Fim de ano as pessoas ficam mais estressadas porque bate a frustração de não ter cumprido as metas do início do ano. É normal nesse período a pessoa já querer logo parar e gozar de férias”, explica. 

“Essas frustrações não podem influenciar nos novos projetos de vida”, lembra Vivian, segundo ela, desapegar do que não deu certo e ter foco é a melhor opção para alcançar os objetivos.

Vivian pontua que a disciplina é algo fundamental na hora de alcançar o que se sonha. “O que falta para muitas pessoas cumprirem a meta é justamente a disciplina. Não adianta ter um plano se não tiver metas e disciplina para alcança-lo”, pontua.

Fazer um planejamento de como alcançar as metas, de acordo com a psicóloga, é fundamental, pois não adianta saber que é necessário emagrecer sem procurar um médico e atribuir a si novos hábitos alimentares. 
“Depender do calendário para iniciar algo não é uma boa ideia, iniciar algo na segunda porque a semana começa na segunda, isso é errado, amanhã é a melhor oportunidade para começar algo novo”, finaliza Vivian.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13