Definir Paranaíba como sua cidade padrão?

Sim Não
Rádios On-line
8657
Preve Objetivo
PRECONCEITO

'Tira esse macho daí', dizem candidatas do miss MS a rival de cabelos curtos

"Ouvi coisas do tipo 'ela nem tem cabelo, vai ficar em último' e que eu era louca", afirma a jovem que chegou de turbante e foi aplaudida ao final do evento

7 OUT 2017 - 18h:31Por Leonardo Guimarães

Uma jovem de 22 anos foi hostilizada por rivais durante um concurso de beleza em Mato Grosso do Sul apenas por se apresentar com cabelos curtos. O caso aconteceu em maio de 2017 na cidade de Costa Rica, distante 327 km da capital Campo Grande.

Kiara Santine Costa Crespo, que atualmente trabalha no Instituto de Educação Popular de Paranaíba (INPEP) e representou a cidade de Aparecida do Taboado no Miss Mato Grosso do Sul ‘Be Emotion’, conversou com o JPNEWS e relatou como foi sua participação no evento.

A jovem, que adotou como estilo o cabelo raspado, contou que ao chegar de turbante no primeiro dia de apresentação já observou que seria vista de forma diferente pelas pessoas, em especial, as demais candidatas. “Quando cheguei ao hotel eu estava com um turbante, e as pessoas que estavam ali já me olharam. Algumas vierem me perguntar se eu era alguma das participantes, pois era bem diferente das outras”, disse.

Após a entrega das faixas com os nomes das cidades que cada uma representaria, Kiara contou que foi para a fila de fotos, onde começaram os comentários sobre o seu visual. “Ali na fila eu ouvi as garotas comentarem ‘essa de turbante é a candidata de Aparecida. Ela não tem cabelo. É raspado’, foi quando aproximei, me apresentei e perguntei se elas gostariam de ver; se gostariam que eu tirasse o turbante. Quando tirei o espanto foi geral. Me chamaram de louca e perguntaram porque eu havia feito aquilo. Eu disse que gostava daquele visual”, contou a jovem.

Segundo Kiara, durante os dias de ‘confinamento’ pelo qual as candidatas do concurso tinham que passar, os comentários sobre seu visual por parte das rivais aumentavam. Já durante os desfiles classificatórios a jovem afirma que também ouviu comentários maldosos, que nem sempre faziam questão de serem escondidos.

“Ouvi coisas do tipo ‘Ela nem cabelo tem. Vai ficar em último [...] Tira esse macho daí de cima, ela é ridícula’. Ou até mesmo garotas afirmando umas para as outras que eu era feia”, relatou Kiara.

Mas a jovem, que afirma não se abalar com situações do tipo, faz questão de ressaltar que a reação do público e dos organizadores do evento ao entrar na passarela foi totalmente diferente da reação das candidatas rivais. “Ao entrar na passarela fui aplaudida pelas pessoas que estavam no local. Uma das organizadoras do evento, ao me elogiar, fez questão de afirmar que em 50 anos de concurso eu era a primeira candidata a se apresentar com cabelos curtos. Os elogios se estenderam ao meu estilo de me vestir nos bastidores. Em um momento um dos coreógrafos do evento pediu meu turbante emprestado, e até colocou um pano na cabeça dizendo que ‘agora estava no estilo Kiara’ Foi uma mistura de sensações”, contou.

Ao final do concurso, que desde o início da primeira etapa contou com candidatas de todo o Estado, Kiara Santine foi 13° colocada, perdendo pontos no quesito altura e por ter tatuagens em seu corpo.

Sobre sua participação e o que viveu nesses dias a jovem disse ter ficado feliz. “Apesar dos comentários maldosos, ouvi muita coisa boa. Ver as pessoas me aplaudindo, torcendo por mim e gritando o nome da minha cidade cada vez que eu entrava no palco foi maravilhoso”, afirmou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864