Rádios On-line
BALANÇO

Violência doméstica cresce, furtos não

Paranaíba registrou queda de 50% nos roubos e furtos

30 MAI 2020 - 10h:15Por Talita Matsushita

Paranaíba registrou queda de 50% nos roubos e furtos de 9 de março a 10 de maio, conforme dados da secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul. No ano passado, foram 136 ocorrências de furto contra 68 neste ano. Já os roubos no período em 2019 foram 10 e neste ano cinco.

Conforme a Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), as diversas medidas tomadas visando o isolamento social e o combate ao coronavírus colaboraram para que crimes como roubos e furtos diminuíssem tanto. A redução chega a 31% no total de casos registrados pela polícia sul-mato-grossense.

Para o titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), delegado Reginaldo Salomão, a redução nos crimes de furto e roubo, incluindo latrocínio, já vinha apresentando redução nos indicadores desde 2018, e no período em que se instalou a pandemia em razão do Covid-19, os números se mostraram ainda mais acentuados, registrando queda expressiva.

Números do Promuse (Programa Mulher Segura) mostram leve aumento nos casos denunciados. A PM registra, em média, 15 casos por mês e no mês passado 18 mulheres procuraram atendimento, porém números na Delegacia de Atendimento à Mulher podem ser maiores.

Mesmo nessa situação de vulnerabilidade, provocada pelo Coronavírus, de acordo com a sargento Eliene Mariano, coordenadora do Promuse, a mulher pode denunciar e pede ainda que quando as pessoas souberem de casos, em Paranaíba, liguem para a Polícia Militar para evitar que as agressões tragam maiores consequências para as vítimas. 

“Muitas famílias mudaram totalmente a rotina. Essa questão de todos ficarem mais próximo e em casa pode gerar mais conflitos, talvez a falta de dinheiro, alimentos e despreparo para lidar com os problemas do dia-a-dia. Isso pode ser fator para gerar aumento de violência doméstica”, disse a sargento.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13