Rádios On-line

Adolescentes fogem da Unei na véspera de Ano Novo

Polícias de Três Lagoas e região já foram comunicadas e buscam os garotos

31 DEZ 2015 - 20h:50Por Renata Prandini

Dois adolescentes fugiram da Unidade Educacional de Internação (Unei) Tia Aurora, em Três Lagoas na tarde desta quinta-feira, véspera de Ano Novo. A fuga foi registrada por volta das 15h, quando os garotos conseguiram pular os muros da unidade, e mobilizou as polícias de Três Lagoas e da região.

De acordo com Carmem Ligia Loureiro Carmelo, superintendente das Uneis de Mato Grosso do Sul, os dois adolescentes, com 17 e 16 anos, são da cidade de Paranaíba. O mais velho cumpria medida socioeducativa na Unei há dois anos. Já o mais jovem, estava apreendido há cerca de 20  dias, por conta de uma medida provisória de 45 dias.

“Esse período de festas é particularmente complicado para os adolescentes, que querem ficar com as suas famílias. E uma dificuldade ainda maior em alguns casos específicos é conscientizá-los de que as regras que regem as medidas socioeducativas são diferentes das adotadas pela Agepen [Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário]. Alguns desses reeducandos acreditam que funciona como os presídios, em que os internos têm direito ao indulto, por exemplo. Na Unei também há benefícios dessa forma, mas não é a mesma coisa”, completou.

Carmem explicou que no início da semana, os garotos já haviam recebido uma orientação sobre a permanência na unidade no período de festas. Mas, os dois teriam demonstrado resistência.

Quatro agentes estavam de plantão no momento da fuga. Não houve agressão aos servidores, mas os adolescentes chegaram a fazer menção de enfrentá-los. Sem armas, explicou a superintende, os agentes teriam que entrar no ‘corpo a corpo’, o que poderia prejudicar ainda mais a situação e a segurança, “uma vez que eles também precisavam controlar os outros 23 adolescentes que estavam na unidade”. Não houve princípio de rebelião.

A superintendente garantiu que todas as medidas necessárias foram tomadas. A Polícia Militar foi chamada logo em seguida para iniciar as buscas. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), assim como a polícia de Paranaíba, cidade em que os adolescentes residem, e região também já foram comunicadas.

Os dois adolescentes deixariam a Unei em breve. Em um dos casos, a medida socioeducativa era por tráfico – as medidas mais altas são para delitos envolvendo violência - e no outro, provisória. 

Deixe seu Comentário