Rádios On-line
11559

Bombeiros alertam para acidentes domésticos e afogamento

De acordo com o tenente Pablo Diego Barros de Jesus, os pais devem redobrar a atenção nesta época de férias

16 JAN 2009 - 14h:18Por Redação

Pais ou responsáveis devem redobrar os cuidados com seus filhos neste período de férias, devido ao grande número de ocorrências de acidentes domésticos e afogamentos. O alerta é do Corpo de Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul.

Os Bombeiros registraram, em 2008, 23 casos de choques elétricos e 110 casos de queimaduras com crianças, somente em Campo Grande, e 119 casos de afogamento em Mato Grosso do Sul, sendo que 80% dos casos envolviam crianças e adolescentes.

De acordo com o tenente Pablo Diego Barros de Jesus, os pais devem redobrar a atenção nesta época de férias. “Fiação descascada, panelas no fogão com o braço para fora, produtos de higiene ao alcance de crianças, escadas sem corrimão, móveis próximos às janelas, tanques de lavar roupa e piscinas sem proteção ou lona de vedação são as principais causas dos acidentes domésticos e afogamentos” alertou o tenente Pablo.
 

Na maioria dos casos de afogamento, as vítimas são crianças e adolescentes, ou porque os pais não estavam perto no momento do acidente ou porque houve desatenção. O Corpo de Bombeiros alerta que a cozinha é um dos locais mais perigosos para as crianças e pede que os pais não deixem os filhos sozinhos neste ambiente.

Nos rios e lagos a orientação é para que as pessoas fiquem nas margens, nas partes mais rasas. Nas piscinas, o local mais seguro é nas bordas. Outra orientação é evitar saltar de locais altos, pois não se sabe ao certo a profundidade do local.

Em dezembro, uma equipe do Corpo de Bombeiros salvou a vida de um bebê de 9 meses que se afogou em um balde com água, na Rua Eulália Romeiro Schirata, no bairro Paraguai, em Maracaju (164 km de Campo Grande). O afogamento aconteceu no sábado (27), por volta das 11 horas. A mãe encontrou o bebê mergulhado dentro do balde, com as pernas para cima, e acionou os bombeiros. Ela preparava o almoço no momento do acidente.

Os bombeiros encontraram a criança pálida e com sinais vitais em estado crítico. A criança foi reanimada na viatura de resgate, enquanto era transportada para o pronto socorro da Santa Casa de Maracajú. 

Todo o cuidado deve ser tomado com crianças, tanto em casa quanto nos clube, rios e lagos. O Corpo de Bombeiros está a disposição da população pelo telefone 193.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13