Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Cliente constata fraude em assinatura em contrato com operadora de celular

Mulher passou a pagar quatro vezes mais no valor de pacote de serviços oferecidos pela operadora

17 MAR 2016 - 11h:49Por Kelly Martins

Uma moradora de Três Lagoas alega ter sido vítima de falsificação de documento, em um contrato feito com uma operadora de celular. A mulher, de 31 anos, registrou boletim de ocorrência na Primeira Delegacia da Polícia Civil, nesta quarta-feira, 16, após perceber que o valor do pacote de serviços oferecidos pela operadora, que incluía internet e ligações, passou a ser cobrado quatro vezes acima do contratado.

Consta do boletim, que a mulher, moradora da Avenida Rosário Congro, no Centro, assinou o contrato de adesão com a empresa, no mês de novembro de 2014 no valor de R$ 251, referente ao tipo de pacote de serviços escolhido por ela na ocasião. Após um ano, o valor, segundo ela começou a aumentar para R$ 351 e nos últimos cinco meses teve que pagar R$ 1.161,00 pelo uso dos mesmos serviços oferecidos no pacote inicial.

A cliente afirma que não utilizou serviços extras e que também não realizou ligações para justificar o valor atualmente cobrado. Ao desconfiar da situação, a mulher ligou para o serviço de atendimento da operadora, ocasião em que a atendente informou que houve mudança de plano e alteração de contrato, no mês de agosto de 2015, sendo este o motivo do valor acrescido.

A moradora contestou ter feito algum tipo de alteração e procurou o Procon de Três Lagoas para denunciar o fato. Na última semana foi realizada uma audiência, ocasião em que representantes da operadora apresentaram o documento assinado pela cliente em 2014 e o outro supostamente com a assinatura dela alterando o pacote de serviços em 2015.

No momento, foi verificado que as assinaturas eram diferentes e que se tratava de falsificação de documento. Dessa forma, o caso passou a ser investigado pela Polícia Civil, que vai apurar se o crime ocorreu na administração interna da operadora e se a mulher foi vítima de golpe.

Deixe seu Comentário