Rádios On-line
PRESO PELA ROTAI

Detento rouba mercado e depois volta para presídio para fugir de flagrante

Ele foi reconhecido pelas vítimas do crime

22 JUL 2017 - 08h:41Por Celso Daniel

Gleisson Henrique de Oliveira, de 33 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite da sexta (21) depois de praticar um roubo em um mercado no bairro Jardim Alvorada em Três Lagoas. Ele é detento do presídio semi aberto e voltou ao estabelecimento penal depois de praticar o crime.

Segundo informações obtidas pela reportagem, por volta das 17h40 a Polícia Militar foi chamada até um mercado localizado na Rua Antonio Estevan Leal, pois um roubo teria sido praticado no local. Uma equipe da Rondas Onstensivas e Táticas do Interior (Rotai) da PM foi até o mercado e as vítimas – um homem e uma mulher de 27 anos – disseram que uma pessoa que estava armada com um revólver de cor preta entrou no estabelecimento e exigiu que o dinheiro do caixa fosse entregue, além de celulares das vítimas.

O suspeito conseguiu levar cerca de R$ 730,00 e um aparelho de celular e depois fugiu a pé seguindo rumo ignorado. Um detalhe importante foi relatado por uma das vítimas aos políciais. O suspeito foi reconhecido.

Segundo informações do boletim de ocorrência, Gleisson Henrique foi reconhecido pelas vítimas e a informação foi repassada para outra equipe da Rotai - que através do endereço do suspeito que está no sistema policial -, foi até a casa de Gleisson Henrique e recebidos pela mãe do suspeito, os policiais ficaram sabendo que ele era detendo do semiaberto Paracelso de Lima Vieria Jesus de Três Lagoas. A mãe de Gleisson Henrique ainda disse que ele já teria voltado ao instituto penal. Com essa informação, as equipes da Rotai foram até o presídio para tentar localizar o suspeito.

ESCONDIDO E ADVOGADO

Já no estabelecimento penal, os agentes penitenciários foram informados a respeito do que havia acontecido e os detentos estavam todos no pátio, pois o horário era de conferência para que eles pudessem entrar nas celas. Durante uma busca, Gleisson Henrique não foi encontrado em meio aos detentos, mesmo com a confirmação no registro de entradas de que ele teria retornado ao estabelecimento por volta das 18h21.

Os agentes entraram em contato com o Juíz de Direito da 1ª Vara Criminal de Três Lagoas que autorizou a retirada de Gleisson Henrique do estabelecimento penal.

Por volta das 19h, foi feito o recolhimento dos detentos para as celas e o suspeito também não foi encontrado e os outros detentos diziam que ele provavelmente teria fugido pulando o muro do presídio. Meia hora depois, foi tomada a decisão de retirar todos os detentos das celas e Gleisson Henrique foi encontrado. Ele ficou escondido até a chegada de um advogado que foi chamado pela família para que pudesse acompanhar o suspeito até a delegacia.

Questionado pelos policiais a respeito do roubo praticado no mercado, Gleisson Henrique negou o crime, mas foi levado até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) onde foi autuado em flagrante por roubo, pois as vítimas afirmaram reconhecer o suspeito como sendo o autor do crime. O suspeito ainda estava usando um anel e um brinco que também foram reconhecidos pelas vítimas.

Com o flagrante, Gleisson Henrique perdeu o benefício de cumprir pena no semi aberto e retornou a Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas ficando a disposição da Justiça. 

Deixe seu Comentário