Rádios On-line
TRêS LAGOAS

Funcionário de posto é detido por desviar mil litros de combustível

Posto de combustível está localizado na Avenida Antônio Trajano, em Três Lagoas

21 JUN 2016 - 11h:36Por Kelly Martins

O fato ocorreu em um posto de combustível, localizado na Avenida Antônio Trajano, em Três Lagoas. O gerente do estabelecimento, de 37 anos, procurou a Polícia Civil após constatar a diferença de, pelo menos, mil litros de óleo diesel, durante conferência de estoque no posto, nas duas últimas semanas.

Consta do boletim de ocorrência, que o gerente percebeu inicialmente a diferença de 400 litros entre 2 e 8 junho. Porém, achou que era devido a algum problema na bomba. No entanto, a partir do dia 9 de junho, ele verificou que a diferença já era de 800 litros de diesel o que, segundo o gerente, não é normal ocorrer.

Depois, no dia 16 de junho, mais 200 litros foram desviados. Ele ainda declarou à polícia que percebeu que a oscilação ocorria no período da manhã de quinta-feira e decidiu então verificar  as imagens da câmera de segurança instalada no posto. Momento em que, de acordo com a polícia, o gerente constatou que durante dois dias, a câmera que ficava apontada para os filtros de combustível era mudada de posição por uma hora e meia, no período noturno, ocasião em que o óleo diesel era furtado.

Um veículo Kombi também foi flagrado nas imagens da câmera dentro do posto e próximo aos filtros de combustível.  Apenas o funcionário, de 36 anos, trabalhava no local nesse momento e tornou-se o principal suspeito. Ao ser questionado, ele confessou que revendia o combustível para outras pessoas pelo valor de R$ 2 o litro.

Os policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG)  foram até a residência de um dos receptadores, de 58 anos, e ele foi preso em flagrante com mais de 360 litros de combustível, além de vários tambores vazios apreendidos.  O suspeito contou à polícia que tinha adquirido por meio do funcionário do posto cerca de 700 litros de diesel e revelou a identificação de outro receptador.

Os policiais foram até a casa do segundo suspeito, de 30 anos, onde também foram apreendidos 500 litros de diesel e diversos galões. O funcionário e os dois receptadores foram detidos e prestaram depoimentos na delegacia. Em seguida, foram liberados pela polícia. 

Deixe seu Comentário