Rádios On-line
8154
Feira de Imóveis
REPORTAGEM COMPLETA

Homem que assassinou ex-sogra disse que mataria toda família

O suspeito atingiu com tiros a ex-mulher e o próprio filho

20 ABR 2017 - 00h:14Por Celso Daniel

Marlene Rodrigues Alves de 51 anos foi morta a tiros pelo ex-genro de 21 anos na noite desta quarta (19) em Três Lagoas. Uma adolescente de 17 anos e um menino de 2 anos também ficaram feridos no atentado.

Tudo teve início na tarde desta quarta, por volta das 15h a vítima fatal compareceu a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) e registrou um boletim de ocorrências contra o ex-genro,  Wesley Sotto dos Santos. 

Segundo informações do boletim de ocorrências, Marlene Rodrigues chegou no apartamento a qual ela reside no Residencial Orestinho e se deparou com Wesley Sotto que estava com uma faca nas mãos ameaçando a adolescente de 17 anos.  Wesley e a menor tiveram um relacionamento amoroso e nessa relação os dois tiveram um filho de 2 anos.

Marlene Rodrigues contou a polícia que pediu que o ex-genro saísse da casa e de forma violenta e ameaçadora, Wesley Sotto disse que iria buscar uma "máquina" e iria matar a ex-mulher e a todos que entrassem na frente. Após a ameaça o suspeito saiu do local.

Em conversa com a filha,  Marlene Rodrigues foi informada de que Wesley foi até o apartamento dizendo que iria se despedir do filho de 2 anos, pois o casal morava no Residencial Novo Oeste e após a separação, a jovem foi morar com o filho na casa da mãe.

Em determinado momento Wesley exigiu que a ex-companheira mostrasse conversas dela no celular e a adolescente negou destravar o aparelho e num momento de fúria,  Wesley pegou a faca e começou a ameaçar a adolescente dizendo que se ela não destravasse o aparelho,  ele iria esfaquear a menor.  Wesley ainda quebrou o aparelho.

Depois de ouvir o relato da filha,  Marlene Rodrigues resolveu registrar o boletim de ocorrências contra o ex-genro e pediu medida protetiva de urgência temendo pela vida de toda a família.

ASSASSINATO

No início da noite desta quarta (19),  segundo informações de algumas testemunhas,  Wesley Sotto voltou ao apartamento de Marlene Rodrigues,  mas o filho mais velho da vítima estava no local e os dois tiveram um desentendimento e o suspeito saiu do apartamento enquanto o filho da vítima ficou no local por algum tempo.

Por volta das 21h,  o jovem deixou a mãe, a irmã e o sobrinho no apartamento e cerca de 15 minutos depois Wesley Sotto chegou no local com uma arma de fogo nas mãos. As testemunhas disseram que o suspeito chegou armado possivelmente com um revólver e tentou abrir a porta da sala do apartamento de Marlene, mas a porta estava trancada. Foi então que  Wesley Sotto foi até a janela do quarto onde as três vítimas estavam e pela janela - do lado de fora - o suspeito começou a efetuar os disparos que atingiram Marlene Rodrigues que estava em pé no quarto, assim como a adolescente e o próprio filho de Wesley que estariam na cama também foram atingidos pelos tiros. Após o crime, Wesley fugiu em uma motocicleta tomando rumo ignorado.

O apartamento estaria fechado pelo lado de dentro e mesmo ferida, a adolescente conseguiu se levantar e abrir a porta para que as três vítimas pudessem ser socorridas.

Equipes do SAMU socorreram mãe e filho que foram levados ao hospital. A adolescente,  apesar de ser atingida na região da boca,  não corre risco de morte.  O menino estava bastante assustado e também foi atendido pela equipe médica com um ferimento em um dos braços.

Após a perícia realizada pela Polícia Civil,  o corpo de Marlene Rodrigues foi levado para o IMOL e posteriormente será liberado aos familiares para o velório.

O delegado da Polícia Civil de plantão,  Alessandro Capobianco esteve no local juntamente com a perícia realizando os procedimentos para dar início a investigação que irá apurar todos os fatos através do relato das testemunhas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6529