Rádios On-line
CASOS DE FAMÍLIA

Mãe depressiva pede ajuda ao Conselho Tutelar para não matar o próprio filho

Como medida de proteção a criança foi acolhida pelos conselheiros e ficará a cargo do juiz decidir com quem o menino ficará

15 FEV 2017 - 15h:34Por Talita Matsushita

Uma mulher de 37 anos compareceu no Conselho Tutelar de Paranaíba, por volta das 10h30 desta terça-feira, para pedir ajuda, queixando-se que não aguentava mais seu filho, um menino dez anos e que estaria a ponto de matá-lo. As reclamações eram de que a criança é mal educada e a enfrentava.

A PM foi chamada pelo Conselho Tutelar para apoio e segundo o boletim de ocorrência, a mãe contou que devido a falta de educação do filho estaria à ponto de matá-lo, igual ao caso de uma mãe que cortou o pescoço das filhas e se matou depois, pois ela está com depressão e usa medicamentos.

A mãe se negou entregar a criança para que pudesse ser levado pelo Conselho e se comprometeu em ir até a Delegacia para que as providências perante o caso fossem tomadas.

Segundo informações do Conselho Tutelar, como medida de proteção a criança foi acolhida pelos conselheiros e ficará a cargo do juiz decidir com quem o menino ficará.

O Conselho Tutelar disse ainda que os casos atendidos pelo órgão são sigilosos, por isso não pode dar mais detalhes.

 

Deixe seu Comentário