Rádios On-line
MISTÉRIO

Menino é ferido por tiro de espingarda em fazenda

O caso ocorreu na tarde do domingo, mas somente a noite a polícia foi chamada

27 FEV 2017 - 00h:02Por Celso Daniel

Um menino de oito anos ficou ferido depois de ser atingido por um disparo de uma espingarda na tarde deste domingo (26) em uma fazenda em Três Lagoas. A arma seria do próprio pai da criança e o tiro acertou a perna direita da vítima.

Segundo informações repassadas por uma conselheira tutelar a reportagem do Pulseira de Prata, o pai do menino – um homem de 60 anos – estava pescando em um rio próximo a fazenda a qual ele trabalha – na região entre Selvíria e Três Lagoas -. O homem estava em companhia do garoto e os dois estavam manuseando petrechos de pesca. Em determinado momento, segundo o pai disse a conselheira, ele colocou a espingarda em pé ao lado de uma cama em uma cabana que fica as margens do rio. O garoto teria entrado na cabana para levar uma bóia e também carregava uma mochila com petrechos de pesca. O pai contou que o menino jogou a bolsa na cama e a arma caiu disparando acidentalmente e atingindo o menino na perna.

O caso teria ocorrido no fim da tarde do domingo, mas somente por volta das 21h30 os conselheiros foram informados e foram até o hospital. O pai estava na unidade de saúde com o menino. Outros familiares também estavam com eles. Após ouvir o relato do pai, a conselheira acionou a Polícia Militar, mas antes da chegada de uma Rádio Patrulha composta pelo sargento Ricardo e soldado Junior, o pai do menino saiu do hospital tomando rumo ignorado. Familiares disseram aos policiais que o homem teria sido orientado por um advogado a não dar depoimento aos policiais e que ele – o pai – iria se apresentar acompanhado do advogado na segunda feira (27) na delegacia de Polícia Civil.

A vítima foi atingida na perna direita na altura da tíbia e segundo informações sofreu uma fratura, mas a gravidade do ferimento só será confirmado através de exame de raio x.

O caso está sendo registrado pela Polícia Militar e depois será entregue a Polícia Civil que através do Setor de Investigações Gerais (SIG) irá investigar a verdadeira causa do disparo que atingiu o menino.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13