Rádios On-line
7919

Militares fecham ponto de rinha de galos na Cidade

A ação foi desencadeada no início da tarde do último domingo

30 DEZ 2008 - 06h:35Por Redação

Dez pessoas foram detidas pela Polícia Militar (PM) de Três Lagoas acusadas de promover rinhas de galo na Cidade. A ação foi desencadeada no início da tarde do último domingo (28), por meio de uma denúncia anônima. Segundo a PM, às 13h11, os militares entraram em uma residência situada à rua Manoel Pedro de Campos, no bairro Santa Rita, onde dezenas de apostadores aguardavam o início da rinha – entre eles, homens de todas as idades e profissões (comerciantes, advogados e até um médico) e uma mulher, citada no boletim de ocorrência como testemunha. A casa, conforme boletim de ocorrência registrado, seria de L.I., de 34 anos e que trabalha como chapa na Cidade. Ainda na residência, os militares encontraram seis galos preparados para a briga e outros 25 galos da raça índios, presos em gaiolas de madeira. Dois rebolos, tipo de arena móvel utilizada para a rinha, também foram apreendidos pelos policiais.
De acordo com o delegado Rogério Fernando, da 2ª Delegacia de Polícia, os detidos deverão responder pelo crime de maus tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais (artigo 32, da Lei 9.605), cuja pena pode variar de três meses e um ano de prisão.
“Além de algo ilícito, um crime, a rinha de galos (ou com qualquer tipo de animal) é sinônimo de crueldade. Muitos desses galos brigam até a morte. E, a rinha de galos é um crime que atrai pessoas de todas as classes sociais. A classe alta também gosta”, disse.
O delegado explicou que todos os detidos serão ouvidos assim que for encerrado o recesso de final de ano. “Eles (suspeitos) foram detidos e encaminhados à DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento à Comunidade), onde foram indiciados pelo delegado Luiz Ricardo de Lara Dias, plantonista no dia, mas como se trata de uma contravenção, eles foram liberados”. Os suspeitos deverão ser ouvidos no Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO), já instaurado pela Polícia Civil, e responderão ao crime em liberdade.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
JORNAL DO POVO
7300