Rádios On-line
7916

Ministra dos Direitos Humanos visita Caje após mortes de adolescentes

13 SET 2012 - 15h:28Por Redação

  A morte de três adolescentes dentro de uma unidade de internação do Distrito Federal levou a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República,  Maria do Rosário, a realizar uma vistoria, na manhã de hoje (13), para verificar a situação do atendimento no local.


Durante pouco mais de uma hora, a ministra percorreu as instalações da Unidade de Internação do Plano Piloto (UIPP), antigo Centro de Atendimento Juvenil Especializado (Caje), onde, em pouco mais de 20 dias, três adolescentes foram assassinados. Maria do Rosário destacou sua preocupação ao ver celas lotadas sendo divididas entre jovens maiores de 18 anos e adolescentes.

Acompanhada do governador do Distrito Federal (DF), Agnelo Queiroz, e da secretária da Criança do DF, Rejane Pitanga, Maria do Rosário participou de uma reunião na qual foram discutidas as medidas de proteção aos adolescentes que estão internados e o apoio da Secretaria de Direitos Humanos às medidas que vêm sendo tomadas.

Para a ministra, a presença de jovens maiores de 18 anos com adolescentes agrava a situação de insegurança das unidades de internação. “O jovem adulto tem sido utilizado como aquele que traz a ameaça para a instituição”, observou.

A ministra disse ainda que o governo federal apoiará a construção de novas unidades de internação, mas destacou que é preciso realçar a parceria com o Judiciário e o Ministério Público para encaminhar os casos. “É preciso realizar mutirões para trabalhar a resolução de casos, separação dos adolescentes e dos adultos e estas medidas tem que ser combinadas com o governo do Distrito Federal.”

Ela citou como exemplo de parceria, o Núcleo de Atendimento Integrado (NAI). Ainda em fase de instalação, o local receberá os jovens recém-apreendidos para prestar atendimento inicial. No núcleo, há atendimento da Vara da Infância, do Ministério Público, da Defensoria Pública, da segurança pública e assistência social.

Ao final da visita, a ministra elogiou o que chamou de “compromisso do governo do Distrito Federal” de trabalhar para o fechamento da unidade. “É preciso transformar as unidades de internação do Distrito Federal em unidades socioeducativas efetivas”, ressaltou.

Enquanto a ministra visitava o Caje, um interno do Centro de Internação de Adolescentes Granja das Oliveiras (Ciago) fugiu durante o trajeto para uma consulta no Hospital de Samambaia.

Para a ministra, a ação tem ligação direta com o tráfico de drogas. “Não sejamos ingênuos, isto acontece por que há a ação do crime organizado, do tráfico de drogas, que faz a cooptação dos adolescentes para trabalhar neste esquema criminoso”, avaliou.

A secretária da Criança, Rejane Pitanga, se limitou a informar que a Secretaria de Segurança Pública ficará responsável pelo caso, uma vez que o adolescente foi resgatado por um adulto.

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300