Rádios On-line

Monitoramento derruba 25% de roubos e furtos em Três Lagoas

“Big Brother” de Três Lagoas tem 35 câmeras ligadas 24 horas por dia

9 JAN 2016 - 09h:15Por Kelly Martins

A jovem anda pela avenida Rosário Congro e é abordada por um ladrão. De short branco e camiseta preta, ele tenta roubar a bolsa e a arrasta pela calçada. A vítima busca impedir o assalto, entra em luta corporal, mas o ladrão sai correndo com a bolsa. O que o suspeito não esperava era já ser preso a poucos metros dali por ser flagrado pelo videomonitoramento da Polícia Militar de Três Lagoas.

Com a ajuda das imagens das câmeras instaladas em 35 pontos da cidade, o município tem conseguido reduzir os índices de criminalidade local. Nos últimos seis meses, houve queda de 25% nos registros de roubos e furtos se comparado com o primeiro semestre de 2015. 

De acordo com o 2º Batalhão da PM de Três Lagoas, as ocorrências envolvem residências, estabelecimentos comerciais e roubo a pessoa na área Central, onde estão concentradas as câmeras de segurança. Foram mais de 200 boletins de ocorrência registrados por vítimas nas delegacias.

O videomonitoramento da cidade é feito 24 horas por dia pela Central de Operações e Monitoramento da PM, cujo sistema entrou em funcionamento em julho de 2015. 
“O objetivo é inibir a ação criminosa. Pelas imagens distribuídas na região, os policiais flagram o ato. Quando verificado algum incidente pelas câmeras, eles procuram acionar a viatura mais próxima para ir ao endereço”, explica o comandante do 2° Batalhão da PM, tenente-coronel José Aparecido de Moraes. 

O oficial destaca que as câmeras estão instaladas em postes e colocadas em pontos estratégicos da cidade, onde a incidência de roubo e furto é maior. Três policiais plantonistas acompanham o monitoramento e o conteúdo é transmitido ao vivo para a central. 

O tenente-coronel avalia que as imagens ajudam a esclarecer crimes e que constantemente são usados em inquéritos abertos em delegacia, por exemplo. Também auxiliam em acidentes de trânsito, pois revela a qual infração o condutor praticou. 

Atualmente a cidade conta com 35 câmeras de segurança da PM e a previsão é de que mais duas sejam instaladas durante esse semestre. Uma delas será no bairro Jardim dos Ipês, área nobre, e a outra, na saída da cidade.

Entre os pontos já monitorados está a Lagoa Maior, cartão postal de Três Lagoas, praça Ramez Tebet, rodoviária, feira livre, no Cristo, além das principais avenidas, como Antônio Trajano, Olinto Mancini, Rosário Congro, Filinto Müller, entre outras localidades. 

Ladrão de 23 anos foi filmado durante roubo

Um dos roubos registrados pela Central de Câmeras e Monitoramento da Polícia Militar, ocorreu no bairro Vila Alegre, em Três Lagoas, no mês de novembro de 2015. A vítima conseguiu ter os objetos recuperados após a identificação dos suspeitos pelas imagens do circuito de segurança. 

Um rapaz, de 23 anos, foi abordado por dois assaltantes em uma moto enquanto caminhava por uma rua do bairro, por volta das 16h. Eles levaram relógio, celular, a carteira e até o boné da vítima. Tudo foi flagrado pelos policiais por meio do videomonitoramento e que acionaram a equipe da PM. 

Pouco depois da ação criminosa, os dois ladrões foram presos por roubo no bairro vizinho. “É um verdadeiro Big Brother que visa inibir a criminalidade e garantir a segurança da população”, conclui. 

Outro fato se refere a uma tentativa de homicídio, no cruzamento das ruas Maria Guilhermina Esteves e Yamaguti Kankit, no bairro Jardim das Oliveiras, na madrugada de 17 de outubro. Um morador, de 41 anos, ficou gravemente ferido após ser atacado por um jovem, de 25, armado com um facão. 

Ele sofreu um corte na cabeça, no braço e a ação foi interrompida por policiais militares que se deslocaram para a região após serem acionados pela central. Conforme a Polícia Civil, o suspeito não se conformava com a separação e atacou o namorado da ex-mulher.

Deixe seu Comentário