Rádios On-line
ATENTADO AO PUDOR

Padrasto mostra vídeo erótico a enteada e ameaça família (VÍDEO)

Ele quebrou janelas e porta da residência

30 JAN 2017 - 17h:04Por Celso Daniel

Um homem de 53 anos foi preso na noite do domingo (29) por policiais militares de uma equipe da Rondas Ostensivas e Táticas do Interiro (Rotai) por volta das 18h40 no Bairro Set Sul em Três Lagoas.

Segundo informações do boletim de ocorrências, a mãe de uma adolescente de 13 anos chamou a polícia depois que ouviu a filha gritar e dizer que o padrasto a desrespeitou. A mulher relatou que o marido estava ingerindo bebida alcóolica na varanda da casa e assistindo vídeos no celular e em determinado momento ele foi até a sala – onde a menina estava – e mostrou um vídeo de conteúdo erótico a adolescente. O vídeo mostra uma jovem seminua dançando ao som de uma música funk com letra apelativa a pornografia.

De imediato a jovem começou a dizer em alta voz que o padrasto estava a desrespeitando e a mãe da adolescente foi verificar o que estava acontecendo e o homem entregou o celular para um menino de 11 anos, para tentar despistar o que realmente acontecia.

Ao ver o conteúdo do vídeo, a mulher começou a questionar o marido que ficou nervoso e iniciou uma série de ofensas contra a adolescente dizendo: “você tá doida pra d**, você vai casar virgem por acaso?”;  gritava o homem descontrolado.

A mãe da vítima disse ainda que o suspeito enquanto proferia palavras de baixo calão, foi até a cozinha e pegou uma faca e começou ameaçar a toda a família. Ele ainda quebrou vidros de janelas e com chutes arrombou uma porta, além de dar golpes contra o metal da estrutura da porta da sala.

Desesperada a mulher de 38 anos pediu socorro ao filho do suspeito que acalmou o pai enquanto a Polícia Militar era chamada.

A equipe da Rotai foi até o local e conseguiu prender o suspeito e apreender a faca e o celular.

No aparelho os policiais encontraram o vídeo erótico que o padrasto mostrou a enteada.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) onde foram tomadas as providências legais.

Assista a reportagem completa do Pulseira de Prata

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13