Rádios On-line
7916

PM fiscaliza bares da cidade em operação ?Cidade Tranquila?

Ação resultou na notificação de 25 bares em situação irregular na cidade

14 AGO 2012 - 12h:50Por Danilo Fiuza

 Vinte e cinco bares tiveram o expediente encerrado antes do tempo durante nova etapa da Operação Cidade Tranquila, desencadeada pela Polícia Militar de Três Lagoas neste fim de semana. Conforme o major Élcio de Almeida, subcomandante do 2º Batalhão da PM, a ação teve início às 20h da última sexta-feira e se estendeu durante todo o fim de semana.

O objetivo foi apreender drogas, armas de fogo e prender foragidos da Justiça. O oficial explicou que, ao todo, a ação – que contou com a participação de cerca de 20 policiais militares – fiscalizou 35 bares da cidade. Desses, 25 foram orientados a encerrar o expediente por estarem irregulares. “Nós [PM] não temos o poder de fechar o estabelecimento. Esse trabalho tem que ser feito pelos órgãos competentes. E nem é esse o objetivo da operação. Não é o nosso trabalho. Mas, por conta das irregularidades encontradas, como falta de alvarás de funcionamento e outras documentações, orientamos os proprietários a encerrar o expediente”.  Entre os estabelecimentos nessa situação, a maioria era reincidente. “Quase todos [bares] já tinham sido orientados no passado, mas eles permanecem na mesma situação”, disse.

De acordo com o subcomandante, a Operação Cidade Tranquila foi desencadeada em bairros apontados nos levantamentos da PM com maior incidência de ocorrências, “desde acidentes de trânsito à violência doméstica”, completou. Entre as regiões alvo da ação policial, estiveram Paranapungá, Vila Alegre, Santos Dummont, São Carlos e São João. Ao todo, 395 pessoas foram abordadas. Três foram presas acusadas de tráfico de drogas e porte ilegal de armas.

A ação se estendeu até domingo com, aproximadamente, quatro horas de duração todos os dias. “Em quase todas as esquinas estão abrindo bares e eles recebem um volume grande de clientes aos fins de semana. Por isso, esse trabalho.”

QUEDA

O major Élcio explicou que, nos fins de semana em que há Operação Cidade Tranquila, os crimes relacionados a abuso de bebidas alcoólicas chegam a ser reduzidos em 30%. “O consumo abusivo de álcool faz aumentar muito os casos violência doméstica, brigas, acidentes de trânsito. Todo o tipo de crime pode ocorrer”, destacou.

AÇÕES

Por mês, a PM tem desenvolvido a média de duas operações com o objetivo de fiscalizar pontos com grandes aglomerações de pessoas e também focar as operações no trânsito da cidade. Durante a operação Cidade Tranquila, os policiais militares notificaram 109 condutores. Desses, 28 por não possuírem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Quase 30 veículos foram removidos ao pátio do Detran.

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300