Rádios On-line
8503
Prefeitura PROREME 10 a 3011

PM retira mais de 70 armas das ruas em 2008

Ainda seguindo o relatório da PM, o mês de março foi quando ocorreu o maior número de apreensões

20 DEZ 2008 - 06h:00Por Redação

Antes mesmo de encerrar 2008, a Polícia Militar (PM) já contabiliza o total de 76 armas ilegais retiradas das ruas em Três Lagoas. De acordo com relatório sobre apreensões de armas de fogo, do 2º Batalhão da Polícia Militar, boa parte das apreensões foi de revólveres calibre 38. Ao todo, foram 43 armas apreendidas desde porte. Em segundo lugar aparece o revólver de calibre 32, dez apreensões; seguido pelo revólver de calibre 22 e espingarda calibre 32, ambas com cinco apreensões cada. Ainda neste ano, foram apreendidos: quatro espingardas de calibre 28; quatro pistolas de calibre 22; um revólver calibre 357 – de uso restrito das Forças Armadas -; uma espingarda 4.10; uma espingarda calibre 12 e até um fuzil, de calibre 7.42.
De acordo com o tenente-coronel, Washington Geraldo de Oliveira, comandante da PM, boa parte da responsabilidade por este número de armas é do tráfico de drogas. “Onde tem droga, tem arma”, completa.
Ele explica que nem sempre são armas novas, o que, segundo ele, indica que foram repassadas por terceiros. “Não existe um tráfico de armas forte em Três Lagoas. Essas armas apreendidas nem sempre são novas, muitas delas vieram do interior do Estado de São Paulo ou outras localidades. São armas repassadas ou alugadas”.
O aluguel de arma não é novidade para a polícia do Município. O pagamento, quase que sempre, é feito por meio dos produtos conseguidos no crime praticado, seja este roubo ou até tráfico de drogas.
Ainda seguindo o relatório da PM, o mês de março foi quando ocorreu o maior número de apreensões de armas, 13 ao total. Em segundo lugar no ranking aparecem os meses de janeiro e agosto, ambos com nove armas apreendidas. Em seguida aparecem: fevereiro (7), abril (7), maio (2), junho (3), julho (4), setembro (6), outubro (6) e novembro (8). Já na primeira quinzena de dezembro, foram duas armas apreendidas.
“Isto, apenas da Polícia Militar, sem contar as apreensões realizadas pela Polícia Civil. Este número é ainda maior”, completa o comandante.

CALMARIA
No entanto, a previsão do comandante para 2009 é bastante positiva. Para ele, a tendência é que o número de roubos comece a reduzir na Cidade a partir do próximo ano. “Com essas obras finalizadas e os trabalhadores deixando o Município diminui o dinheiro na praça, o que faz com que os crimes também diminuam”, declarou.
Ele acredita que essa redução deverá permanecer, pelo menos, até o início das obras da Siderúrgica Três Lagoas (Sitrel). A obra da Sitrel está prevista para iniciar em abril do ano que vem e deverá atrair, em seu pico de construção, cerca de sete mil trabalhadores.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864