Rádios On-line
11559

PMA multa proprietário por utilizar áreas do Parque do Rio Negro

O parque foi criado no ano de 2000, com uma área de 78.300 hectares, abrangendo os municípios de Corumbá e Aquidauana

4 FEV 2009 - 14h:36Por Redação

Encerrada a Operação Pantanal do Rio Negro, que empregou duas equipes da Polícia Militar Ambiental que atuaram em conjunto na fiscalização da área do Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro, com a finalidade de diagnosticar a utilização de áreas em regeneração para criação de bovinos de forma clandestina. 

O parque foi criado no ano de 2000, com uma área de 78.300 hectares, abrangendo os municípios de Corumbá e Aquidauana. Devido às características únicas da região, o Parque tem por objetivo garantir a proteção das regiões pantaneiras, periodicamente inundadas, consideradas berço dos peixes do Pantanal.

 

Foi autuado nesta operação o proprietário da Fazenda Cássia, município de Corumbá, por invadir uma vasta área protegida do Parque Estadual com 500 cabeças de gado, destruindo espécies da fauna nativa em franco estado de regeneração.

 

A multa aplicada no valor de 5 mil reais por cabeça de gado totalizou 2,5 milhões de reais para o proprietário, que permaneceu como fiel depositário do rebanho até o término do processo. Pelo crime ambiental cometido, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais, se condenado poderá pegar pena de um a cinco anos de reclusão.

 

Será encaminhada, ainda, cópia da documentação ao Ministério Público de Corumbá, com a finalidade de iniciar uma possível ação de reparação de danos causados ao Parque Estadual do Pantanal do Rio Negro.

 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13