Rádios On-line

PMA prende três pescadores com 165 kg de pescado

27 NOV 2012 - 13h:14Por Redação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) do Posto Avançado da Cachoeira do Sossego, em Rochedo, prendeu nesta segunda-feira (26) três elementos envolvidos com a pesca predatória. Dois dos autuados já estariam praticando pesca durante a piracema no rio Aquidauana na região de Rochedo. A PMA apreendeu 165 kg de pescado, sendo alguns exemplares fora da medida permitida pela legislação.

A Polícia Militar ambiental teve grande dificuldade  para captura dessas pessoas, pois elas, armando anzóis de galho e redes de pesca no rio, só retiravam o pescado, ou seja, ficavam pouco tempo no rio. Entretanto, ontem, dois pescadores, residentes em Rochedo, foram presos e mostraram onde guardavam os peixes, que estavam em um freezer em uma fazenda na região e eram armazenados pelo caseiro da propriedade que também foi preso pelo envolvimento com a pesca predatória.
 
O freezer, o pescado e mais uma rede de pesca pertencente aos pescadores encontrada na fazenda foram aprendidos e os infratores foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Rochedo, foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória e saíram após pagamento de um salário mínimo de fiança cada um. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Eles foram multados administrativamente em R$ 5.180,00 cada um.
 
A região de Rochedo, que tem o rio Aquidauana bastante piscoso, é preocupante com relação à pesca predatória. Por este motivo, o Posto Avançado da Cachoeira do Sossego, criado inicialmente para funcionar somente durante o período de piracema, há três anos tem permanecido ativado. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13