Rádios On-line

Polícia Civil faz operação antitráfico em Água Clara

Com reforço da DIG de Três Lagoas, Polícia de Água Clara faz ?rescaldo?

14 NOV 2012 - 08h:19Por Redação

Policiais Civis de Água Clara e da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Três Lagoas deflagraram ontem de manhã a operação “Rescaldo”, que busca eliminar os focos que ainda restam de tráfico em Água Clara. O Serviço de Inteligência apontou a necessidade de um “rescaldo” para atacar as ramificações do tráfico “formiga”.

Água Clara é uma espécie de ponto de parada e entreposto de traficantes que fazem a rota pela BR-262, passando por Três Lagoas até o Estado de São Paulo, e pela rodovia MS 385, que liga a Paranaíba a Cassilândia, com acessos a Minas Gerais e Goiás.
No início da operação, os policiais cumpriram mandados de busca domiciliar, quando foram realizadas diligências, entre outros locais, na residência de um homem de 20 anos, onde foram apreendidas porções de maconha. Também foram feitas buscas na residência de uma mulher de 24 anos, que estava de posse de 83 “papelotes” de cocaína, além de maconha e R$ 1 mil em espécie. Na casa do homem, também foi apreendido dinheiro sem origem comprovada.
De acordo com a Polícia Civil, a operação em Água Clara deve prosseguir. Até o número de um telefone (3239-1101) foi colocado à disposição da comunidade para informações sobre suspeitos e atividades ilícitas.
A ideia é desenvolver operações “rescaldo” em outras cidades do Bolsão na área de influência do corredor do narcotráfico. A região em avaliação é o triângulo formado pelas cidades de Água Clara-Paranaíba- Aparecida do Taboado, com abrangência em Selvíria e Inocência.
MONITORAMENTO
A comunidade local começa a discutir a implantação de sistema de videomonitoramento, para registrar crimes que venham a ser cometidos na área central. Em Paranaíba, as câmeras de vídeo têm sido aliadas na identificação de suspeitos. Em Aparecida do Taboado, o projeto está pronto, mas aguarda recursos para implantação.
Nesta semana, uma câmera ajudou a polícia a investigar tentativa de furto em um consultório odontológico em Paranaíba. O dentista só teve certeza de que era uma vítima depois que ele assistiu ao vídeo. Ele ficou surpreso com a audácia e habilidade dos ladrões. Ocupado com suas tarefas, o dentista não percebeu na hora a ação dos criminosos.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13
  • Programas: