Rádios On-line
MADRUGADA

Polícia e Conselho Tutelar realizam operação de fiscalização

A ação foi determinada pelo Ministério Público de Três Lagoas

12 MAR 2016 - 11h:00Por Celso Daniel

O Ministério Público de Três Lagoas determinou que uma operação de fiscalização fosse realizada na noite da sexta feira (11) em casas noturnas da cidade.

O intuito da ação foi coibir que menores de idade frequentem tais estabelecimentos, em desacordo com o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), além de identificar possíveis fugitivos da Justiça, assim como veículos com queixa de roubo ou furto.

Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, além de Conselheiros Tutelares cumpriram a determinação por volta das 23h30 e foram até uma casa noturna no bairro Jardim Alvorada.

Estratégicamente, o quadrante ao redor do local foi cercado pelos policiais para evitar fugas.

Os frequentadores foram checados através do banco de dados do sistema policial e sete adolescentes, com idades entre 14 e 16 anos, foram recolhidos por estarem em frente ao estabelecimento.

Um homem de 20 anos foi detido e um menor de 16 apreendido dentro do estabelecimento com documentos falsos - crime de falsidade ideológica. Eles foram levados à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac). 

Os menores recolhidos foram levados em um ônibus até a sede do Conselho Tutelar e, posteriormente, entregues a pais ou responsáveis.

Os bombeiros realizaram também uma vistoria na casa noturna, mas nada de irregular foi constatado na estrutura ou documentação em relação a licença de funcionamento.

Deixe seu Comentário