Rádios On-line
POLÍTICA

Câmara de Paranaíba gastou R$ 4,2 mi em 2015

O valor consta de balancete que deverá ser enviado ao Tribunal de Contas do Estado neste primeiro semestre

21 FEV 2016 - 07h:12Por Roberto Chamorro

O funcionamento da Câmara de Paranaíba custou R$ 4,2 milhões aos contribuintes da cidade, em 2015. O valor consta de balancete que deverá ser enviado ao Tribunal de Contas do Estado neste primeiro semestre de 2016.

Apenas com diárias pagas por viagens de vereadores, com destinos dentro e fora de Mato Grosso do Sul, o custo foi de R$ 568 mil para um total de 204 viagens, a maioria para Campo Grande e Brasília. 

O vereador Paulo “Bodinho” Borges (Pros) foi o campeão de gastos, com 23 diárias recebidas: R$ 68,1 mil. 

O Portal da transparência do Legislativo mostra, ainda, que o total dos salários pagos aos vereadores chegou a R$ 613 mil. Somado às diárias, o trabalho dos nove vereadores custou, no ano passado, R$ 1,2 milhão dos repasses oficiais da prefeitura. O custo mensal de cada vereador, portanto, alcançou R$ 98 mil no ano.

CONTRASTES
Uma visita ao site da Câmara mostra, porém, que o portal não recebe atualização de dados, que é prevista em lei federal, sobre os gastos. As últimas informações são de novembro de 2013, fevereiro, abril e julho de 2014.

Em destaque, uma mensagem do atual presidente, Maycol “Doido” Queiroz (PDT). “De um bom gestor público espera-se que ele aplique os recursos do cidadão de forma racional”, diz o texto.

O portal também mantém mensagens educativas de combate à dengue e um banner relativo a um concurso público realizado em 2014. O site, no entanto, permite consultas atualizadas para verificação da ordem do dia e no próprio portal Links funcionam. 

Não permite, porém, acesso à produção legislativa, por exemplo, de quantos projetos foram votados em 2015. Consta empenho de R$ 229 mil para os serviços de propaganda e publicidade do Legislativo.

 

Deixe seu Comentário