Rádios On-line
11338

Câmara quer deixar decisão sobre IPTU 2013 para Alcides Bernal

Câmara quer deixar decisão sobre IPTU 2013 para Alcides Bernal

30 OUT 2012 - 16h:47Por Redação

A Câmara Municipal de Campo Grande planeja deixar a decisão final sobre o projeto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) para o prefeito eleito Alcides Bernal (PP), que assume o mandato no dia 1º de janeiro de 2013.

O projeto de reajuste do imposto ainda não foi encaminhado à Câmara pelo prefeito Nelsinho Trad (PMDB). Contudo, o presidente do legislativo municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB), adiantou que a votação será conforme o desejo do prefeito eleito.

Segundo Siufi, se Bernal desejar colocar em prática sua proposta de congelamento do IPTU, isso será feito já a partir do próximo ano. “Se o Bernal quiser que o congelamento aconteça logo, isso vai acontecer”, garantiu o presidente.

“Se ele (Bernal) falou em seu programa de governo durante a campanha sobre o congelamento do IPTU, tem que começar a valer já”, concordou o vereador Airton Saraiva (DEM).

Uma reunião de Bernal com os integrantes da Câmara foi agendada pelo vereador Athayde Nery (PPS) para a próxima terça-feira,06. O desejo de Siufi, entretanto, era adiantar o encontro para esta semana. Mas, a intenção de Athayde é de o prefeito eleito participar da sessão, inclusive usando a tribunal da Câmara.

Na pauta do primeiro encontro de Bernal com os vereadores após a eleição, a questão principal será o IPTU, mas serão discutidos também projetos sobre os quais a Câmara decidirá agora para vigorarem somente a partir do próximo ano. O orçamento 2013, que tramita na Comissão de Finanças, é um deles. O relator da peça orçamentária, vereador Herculano Borges (PSC), prorrogou o prazo para entrega das emendas dos vereadores para o dia 5 de novembro.

Articulações – Se de um lado o prefeito eleito se aproxima dos vereadores, de outro o PMDB articula a coesão do grupo político que fará oposição na Câmara. Está prevista para a próxima segunda-feira (5), reunião dos 21 vereadores eleitos na coligação do deputado federal Edson Giroto (PMDB) com o candidato derrotado nas urnas e o governador André Puccinelli (PMDB).

Segundo o presidente da Câmara, Paulo Siufi, no encontro serão avaliados nomes para coordenar o grupo de oposição do legislativo municipal e se ele será orientado por Giroto ou continuará sob o comando do governador André Puccinelli.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13