Rádios On-line
7868
PREFEITURA TL 103 ANOS 18 A 30.06.18

Candidatos a prefeito comentam resultado de pesquisa

Levantamento aponta Márcia Moura liderando a preferência do eleitorado

25 AGO 2012 - 08h:00Por Redação

O Jornal do Povo ouviu a opinião dos candidatos a prefeito de Três Lagoas sobre o resultado da pesquisa encomendada pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), divulgada nessa quinta-feira, a qual aponta que a candidata do PMDB, Márcia Moura, lidera as intenções de voto. Na pesquisa estimulada, em que é citado o nome dos candidatos, Márcia aparece com 48,6% das intenções de voto, contra 33,3% de preferência atribuída ao candidato Ângelo Guerreiro (PSD). Já o candidato a prefeito Luiz Antônio Martins, o Tidico (PRP), aparece com apenas 1% da preferência dos eleitores. Nesse quesito, os votos em branco e nulo somam 4,5%. Os indecisos correspondem a 12,7%.  

Na pesquisa espontânea, quando não é dada a opção de nomes, a candidata do PMDB é citada por 38,7% dos entrevistados. Guerreiro é lembrado por 25,1% dos eleitores e Tidico tem menos de um ponto percentual (-0,7%). Nessa entrevista, 31,5% dos entrevistados disseram não saber em quem votar. Os votos brancos e nulos totalizam 4%.

Guerreiro disse que não teve tempo para analisar a pesquisa. Não desmerecendo o instituto Tendência Pesquisa de Mercado, que realizou o levantamento para a Fiems, Guerreiro prefere acreditar nos números de uma pesquisa divulgada por um site da Capital na semana passada, a qual apontou praticamente empate técnico entre os dois principais candidatos.

O candidato do PSD preferiu não polemizar os dados, mas disse que não sabe em quais regiões a pesquisa foi realizada. Independentemente dos levantamentos divulgados pelos institutos, Guerreiro afirmou que acredita apenas nas pesquisas das ruas. “O resultado dessa pesquisa [Fiems] não é o que se vê nas ruas. Mas, independentemente de resultado, já disse e repito: se eu tiver 1% sou candidato e vou até o final”, destacou, alfinetando: “Acho até pouco esse resultado da pesquisa, já que os funcionários públicos estão sendo coagidos a ir para as ruas pedir voto no período da tarde. Apesar disso, existem muitos que, mesmo sem poder declarar abertamente, são Guerreiro”, disparou.

TIDICO
Para o candidato, Luiz Antônio Martins, o Tidico, os números dessa pesquisa são favoráveis a ele, já que é o único com condições de crescer até o dia da eleição. Ele lidera o índice de rejeição com 59,01%, enquanto Márcia Moura tem 14, 6%. Guerreiro é o que tem menos rejeição: 13,2%.

Segundo o candidato do PRP, esse alto índice de rejeição reflete-se no fato de ele não ser conhecido como os demais. “A Márcia e o Guerreiro têm mandatos. Agora, eu pergunto: Como alguém pode odiar uma pessoa que não conhece? A minha rejeição é fictícia, já a deles é verdadeira. O horário eleitoral começou agora, então, a partir do momento em que os leitores me conhecerem, é natural que o índice de rejeição diminua”, explicou.
Ainda de acordo com Tidico, ele é o candidato com mais condições de conseguir o voto dos indecisos. “Analiso o resultado dessa pesquisa com tranquilidade, pois é amplo o campo para crescer”, salientou.
MÁRCIA
A candidata Márcia Moura disse que ficou surpresa com o resultado da pesquisa, principalmente porque foi encomendada pela Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul, uma instituição séria e de muita credibilidade. “Fico feliz com o resultado, pois isso demonstra o reconhecimento da população em relação ao nosso trabalho. A cada pesquisa apresentamos um crescimento, e isso é muito bom”, destacou.

Para a candidata do PMDB, o resultado é fruto de um trabalho de uma administração séria e que tem parceiros. “A população tem reconhecido o apoio que temos recebido do governo do Estado, do André Puccinelli, da vice-governadora Simone Tebet, do deputado Eduardo Rocha, dos nossos três senadores, além da parceria com o governo da presidente Dilma”, salientou.

Márcia Moura comentou que a manifestação favorável lhe dá mais força para continuar percorrendo os bairros da cidade e ouvindo os anseios da população. “As pessoas entenderam que Três Lagoas não pode parar, pois temos conseguido muitas melhorias para a cidade, como a Faculdade de Medicina e o Hospital Regional, além de 1.224 unidades habitacionais que estão em construção, e mais 1.400 casas que serão construídas. Sou grata ao reconhecimento da população”, frisou.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201