Rádios On-line

Cidades já estão com novos prefeitos, exceto Bonito e Sidrolândia

À exceção de Bonito e Sidrolândia, que empossaram prefeitos provisórios e onde houve reeleição, todas as cidades de Mato Grosso do Sul já estão sob nova gestão.

2 JAN 2013 - 10h:25Por Redação

À exceção de Bonito e Sidrolândia, que empossaram prefeitos provisórios e onde houve reeleição, todas as cidades de Mato Grosso do Sul já estão sob nova gestão. Onde houve reeleição, como Três Lagoas, no entanto, o clima é de nova gestão, com equipe reformulada e com projetos na mesa.

Em , 59 cidades onde os candidatos que tiveram mais de 50% dos votos tiveram o registro cassado, os presidentes das câmaras de vereadores assumiram as prefeituras até que o novo pleito aconteça. Além de Bonito, em outros seis municípios haverá eleição suplementar. É o caso de Guarapari (ES), onde a Justiça Eleitoral já convocou a nova votação para o dia 3 de fevereiro. Em Campo Erê (SC), Criciúma (SC), Tangará (SC), Balneário Rincão (SC) e Camamu (BA), os pleitos estão marcados para o dia 3 de março.

MATO GROSSO DO SUL

As cidades de Bonito e Sidrolândia serão administradas, temporariamente, pelos presidentes das Câmaras Municipais. O vereador Josmail Rodrigues (PTdoB) administra Bonito até 3 de março, quando será realizada eleição suplementar para escolha do novo prefeito e vice prefeito. Geraldo Marques (PDT) e Odilon Soares (PSDB) foram eleitos com 52,05%, mas o pedetista teve a candidatura cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por ser considerado ficha suja.

Em Sidrolândia, o vereador Ilson Peres (PSDB) vai ser o prefeito interino, por tempo indeterminado, já que as novas eleições ainda não foram marcadas. Enelvo Felini (PSDB) não tomou posse do cargo porque o TSE cassou seu diploma. O presidente da Câmara assumiu.

Em Aquidauana e Porto Murtinho, assumiram o segundo mais votado, diante do impedimento dos vencedores.

OS PREFEITOS

É a seguir a relação dos prefeitos empossados ontem:

Água Clara – Silas José da Silva (PSDB)
Alcinópolis – Ildomar Carneiro Fernandes (PMDB)
Amambai – Sérgio Diozébio Barbosa (PMDB)
Anastácio – Douglas Melo Figueiredo (PSDB)
Anaurilândia – Vagner Alves Guirado (PR)
Angélica – Luiz Antônio Milhorança (PSDB)
Antônio João – Selso Luiz Lozano Rodrigues (PT)
Aparecida do Taboado – José Robson Samara Rodrigues de Almeida (PR)

Aquidauana – José Henrique Trindade (PDT) – Segundo mais votado, mas assume porque candidatura de Fauzi Suleiman (PMDB) foi cassada.
Aral Moreira – Edson Luiz de David (PTB)
Bandeirantes – Márcio Faustino de Queiroz (PSD)
Bataguassu – Pedro Arlei Caravina (PSDB)
Batayporã – Alberto Luiz Sãoveso (PSDB)
Bela Vista – Abraão Armoa Zacarias (PMDB)
Bodoquena – Jun Iti Hada (PMDB)
Bonito – Vai ter nova eleição em março.
Brasilândia – Jorge Justino Diogo (PT)
Caarapó – Mário Valério (PR)
Camapuã – Marcelo Pimentel Duailibi (DEM)
Caracol – Manoel dos Santos Viais (PT)
Campo Grande – Alcides Bernal (PP)
Cassilândia – Carlos Augusto da Silva (DEM)
Chapadão do Sul – Luiz Felipe Barreto (PTdoB)
Corguinho – Dalton de Souza Lima (PMDB)
Coronel Sapucaia – Nilcéia Alves de Souza (PR)
Corumbá – Paulo Roberto Duarte (PT)
Costa Rica – Waldeli dos Santos Rosa (PR)
Coxim – Aluizio Cometki São José (PSB)
Deodápolis – Maria das Dores de Oliveira Viana (PT)
Dois Irmãos do Buriti – Wlademir de Souza Volk (PMDB)
Douradina – Darcy Freire (PDT)
Dourados – Murilo Zauith (PSB)
Eldorado – Marta Maria de Araújo (PT)
Fátima do Sul – Eronivaldo da Silva Vasconcelo Júnior (PSDB)
Figueirão – Getúlio Furtado Barbosa (PMDB)
Glória de Dourados – Arceno Athas Júnior (PSB)
Guia Lopes – Jácomo Dagostin (PMDB)
Iguatemi – José Roberto Felippe Arcoverde (PSDB)
Inocência – Antônio Ângelo Garcia dos Santos (DEM)
Itaporã – Wallas Gonçalves Milfont (PDT)
Itaquiraí – Ricardo Favaro Neto (PSDB)
Ivinhema – Éder Uilson França Lima (PMDB)
Japorã – Vanderley Bispo de Oliveira (PT) 
Jaraguari – Vagner Gomes Vilela (PDT)
Jardim – Marcelo Henrique de Mello (PDT)
Jateí – Arilson Nascimento Targino (PMDB)
Juti – Isabel Cristina Rodrigues (DEM)
Ladário – José Antônio Assad e Faria (PT)
Laguna Carapã – Itamar Bilibio (PMDB)
Maracaju - Maurílio Ferreira Azambuja (PMDB)
Mundo Novo – Humberto Carlos Ramos Amaducci (PT)
Naviraí – Leandro Peres de Matos (PV)
Nioaque – Gerson Garcia Serpa (PSB)
Nova Alvorada do Sul – Juvenal de Assunção Neto (PSDB)
Nova Andradina – Roberto Hashioka Soler (PMDB)
Novo Horizonte do Sul – Nilza Ramos Ferreira Marques (DEM)
Paraíso das Águas – Ivan da Cruz Pereira (PMDB)
Paranaíba – José Garcia de Freitas (PDT)
Paranhos – Júlio Cesar de Souza (PDT)
Pedro Gomes – Francisco Vanderley Mota (PT)
Ponta Porã – Ludimar Godoy Novais (PPS)

Porto Murtinho – Heitor Miranda dos Santos (PT). Rosangela Silva Baptista (PMDB) foi a mais votada. No entanto, ela foi cassada pelo TSE e o segundo colocado foi diplomado.

Ribas do Rio Pardo – José Domingues Ramos (PSDB)
Rio Brilhante – Sidney Foroni (PMDB)
Rio Negro – Gilson Antônio Romano (PMDB)
Rio Verde de Mato Grosso – Mário Alberto Kruger (PT)
Rochedo – João Cordeiro (PMDB)
Santa Rita do Pardo – Cacildo Dagno Pereira (PR)
São Gabriel do Oeste – Adão Unirio Rolim
Selvíria – Jaime Soares Ferreira (PMN)
Sete Quedas – José Gomes Goulart (PMDB)

Sidrolândia - Enelvo Iradi Felini (PSDB) teve registro cassado pelo TSE devido às contas reprovadas e nova eleição será realizada.

Sonora – Yuri Peixoto Barbosa Valeis (PR)
Tacuru – Paulo Pedro Rodrigues (DEM)
Taquarussu – Roberto Tavares Almeida (PSDB)
Terenos – Carla Castro Rezende Diniz Brandão (PMDB)
Três Lagoas – Márcia Maria Souza da Costa Moura de Paula (PMDB)
Vicentina – Élio Toshiiti Sato (PMDB)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13