Rádios On-line
11338

Diretores dos CEIs serão escolhidos através de eleição e não mais indicação

Até então, a nomeação dos coordenadores desses centros era feita por indicação da administração municipal

8 NOV 2012 - 08h:40Por Redação

No próximo mês, pela primeira vez, haverá eleição direta e secreta para diretores e adjuntos dos Centros de Educação Infantil (CEIs) de Três Lagoas. Até então, a nomeação dos coordenadores desses centros era feita por indicação da administração municipal. Entretanto, o Legislativo Municipal aprovou, nessa terça-feira, projeto de lei de autoria do Executivo que regulamenta a gestão democrática nas unidades escolares do município.

Apesar de alguns profissionais da educação terem se manifestado para que continuasse o processo de indicação nos Centros de Educação Infantil, a administração municipal manteve-se firme e fez valer o que está no Plano de Cargos e Carreiras dos profissionais da educação, aprovado em 2010.

De acordo com o projeto, o valor proporcional será de 50% de votos de trabalhadores da educação e 50% de votos dos pais. Nas escolas, a proporção continuará a mesma: 50% de votos dos trabalhadores, 25% dos pais e 25% de alunos a partir de 10 anos. “Nas escolas, a eleição continuará no mesmo processo de sempre. Houve apenas adequação no projeto que trata das eleições para a escola de diretores e diretores adjuntos da rede municipal, que antes não previa eleição para os responsáveis pelos CEIs”, destacou o secretário de Educação, Mário Grespan.

Segundo ele, Três Lagoas conta com 12 Centros de Educação Infantil e 17 escolas municipais. As eleições ocorrerão na primeira semana de dezembro, exceto nas duas escolas do campo, que não dispõem de professores concursados, um dos itens necessários para participar do processo.

Conforme o secretário, nesta semana deve ser instituída a comissão eleitoral que ficará responsável pela homologação das chapas. Cada unidade escolar também terá uma comissão local para cuidar do processo.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13