Rádios On-line

Em ano pré-eleitoral, governo busca aproximação com prefeitos

Os ministros das Cidades, Agnaldo Ribeiro (PP), das Relações Institucionais, Ideli Salvatti (PT), e do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas (PT), se reúnem hoje com os prefeitos de Mato Grosso do Sul para indicar qual o caminho para obtenção de recu

1 ABR 2013 - 07h:48Por Redação

Os ministros das Cidades, Agnaldo Ribeiro (PP), das Relações Institucionais, Ideli Salvatti (PT), e do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas (PT), vão expor aos prefeitos de Mato Grosso do Sul projetos do Governo Federal e indicar qual o caminho para obtenção de recursos. Os prefeitos terão a oportunidade de discutir os problemas dos municípios, receber orientações sobre liberação de recursos por meio de linha de crédito e encaminhar reivindicações.

O evento, que tem também um viés político-eleitoral, já que a presidente Dilma Rousseff está em campanha pela reeleição, terá rodada de capacitações nos Estados para orientar os novos prefeitos sobre as políticas públicas. O governador André Puccinelli, que também se prepara para deixar o governo e azeita a máquina para as eleições, é aguardado no encontro, que começa às 9h na sede da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), em Campo Grande.

O encontro com novos prefeitos, que será realizado pelo Governo Federal em todos os estados, segundo a ministra Ideli Salvatti, busca dar continuidade às orientações aos prefeitos e às prefeitas sobre os programas, as políticas e as linhas de financiamento apresentados no Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado em janeiro em Brasília.

“Agora é a vez de o governo federal ir até os Estados para intensificar as capacitações dos gestores públicos, neste primeiro ano de mandato. Tenho certeza que o resultado dessa parceria entre governo federal e municípios será fundamental para qualificar a gestão pública e aumentar o repasse de verba federal às cidades. Desta forma, vamos avançar na direção de um Brasil desenvolvido, que garanta os direitos de todos os brasileiros”, discursa a ministra.

A programação abordará os principais programas do governo federal nas áreas de saúde, educação, social, infraestrutura, saneamento básico, habitação e políticas públicas voltadas à modernização da gestão pública.

Em cada Estado, haverá uma programação diferenciada, alinhada às necessidades regionais. Os temas serão apresentados por secretários e assessores dos ministérios.

Os principais ministérios do governo federal farão atendimento individual para esclarecer as dúvidas de cada município. Além disso, haverá oficinas de capacitações para acessar programas federais.

Pela programação, a primeira edição ocorreu em Aracaju, capital do Sergipe, no último dia 26. A última será realizada em julho, em local a ser definido.

Nosso principal foco é discutir o PAC 2. Ficamos frustrados porque 70 municípios de Mato Grosso do Sul ficaram de fora, em razão do critério de inclusão de cidades com mais de 25 mil habitantes”, diz o presidente da Assomasul, prefeito Douglas Figueiredo (PSDB).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13