Rádios On-line
8991

Governo propõe 22% de reajuste no transporte escolar

À tarde, Puccinelli se reuniu com uma comissão de prefeitos e ofereceu aumento de 22% nas linhas puras

29 JAN 2009 - 06h:16Por Redação

Durante reunião que durou mais de três horas, ontem (28), o governador André Puccinelli propôs novos índices de reajuste para o transporte escolar. Anteriormente, o governo do Estado havia proposto 5% de reajuste na per capita (preço por aluno). Entretanto, a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) não aceitou a oferta.
À tarde, Puccinelli se reuniu com uma comissão de prefeitos e ofereceu aumento de 22% nas linhas puras (onde somente alunos da rede municipal são transportados) e 10% nas linhas mistas (onde alunos da rede municipal e estadual vão para a escola no mesmo ônibus). O valor per capita da linha pura, que hoje é de R$ 90, passaria para R$ 110, segundo o presidente da Assomasul, Beto Pereira (PMDB). Já o valor da per capita para a linha mista passaria de R$ 60 para R$ 63.
Cinqüenta e dois dos 78 prefeitos de Mato Grosso do Sul se reuniram ontem, em Assembléia Geral, e decidiram reivindicar 40% de reajuste no transporte escolar. Após o encontro, o presidente da entidade declarou que o valor ainda está longe do reivindicado pelos prefeitos, mas ressaltou que já é um grande avanço frente ao índice ofertado anteriormente.
“Vamos levar estar proposta para os prefeitos, e analisar. Acho que já é um avanço muito grande diante da proposta que nos foi feita anteriormente pelo governador”, afirmou Beto Pereira, destacando que o maior avanço das conversações foi o reajuste da linha pura, “o maior gargalo dos municípios”, conforme qualificou. (Com informações do Campo Grande News)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13