Rádios On-line
ELEIÇÕES 2016

Guerreiro afirma estar preparado para ser prefeito de Três Lagoas

Candidato pelo PSDB diz que seu projeto é executar uma administração participativa e progressista no Executivo municipal

17 SET 2016 - 09h:20Por Ana Cristina Santos

Dando sequência à série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Três Lagoas nas eleições deste ano, nesta edição, o Jornal do Povo entrevista o deputado estadual Ângelo Guerreiro (PSDB), que disputa a prefeitura pela segunda vez.

Guerreiro chegou em Três Lagoas em 1991, e desde então, segundo ele, tornou-se “três-lagoense de coração”. “É nesta cidade onde cresci como pessoa, conquistei muitos amigos e tenho a oportunidade de colaborar com a população que me escolheu como representante na Câmara por dois mandatos e na Assembleia Legislativa. Dentro da minha profissão, na Selaria Paulista, estendi apoio a entidades que apoiam jovens dependentes químicos e aos detentos do presídio. Conquistei o carinho dos moradores, principalmente das pessoas mais carentes”, recorda.

Em 2004 foi eleito vereador pela primeira vez e na eleição seguinte, reeleito com maior número de votos. Em 2006 saiu candidato a deputado estadual e ficou como suplente. Em 2010 disputou o cargo novamente e obteve mais de 16 mil votos, destes,14 mil em Três Lagoas.

Em 2012 disputou a prefeitura, ficando em segundo lugar com 45,32% dos votos válidos e, segundo ele, sem apoio político. Em 2014 foi eleito com 29.534 votos. “Acredito que esses anos na vida pública me insiram muito. Fui adquirindo experiência política e conquistando apoios importantes como o do governador Reinaldo Azambuja, que é um elo essencial para a captação de recursos para obras para a cidade. As pesquisas apontam o meu nome, tenho o apoio do meu partido e da maioria dos deputados estaduais, tenho compromisso com a nossa população e essa é a minha missão. Sempre fui um homem de trabalho e, por isso, me sinto preparado para assumir esse desafio de ser o prefeito”, destaca.

Guerreiro destaca que conhece as necessidades da cidade. “Estou pronto para ser prefeito e construir uma administração participativa e progressista.” O candidato disse que a cidade tem problemas que precisam ser solucionados, como falta de medicamentos nos postos. “Vamos criar a farmácia itinerante, que vai percorrer os bairros em dias marcados e com um farmacêutico compondo a equipe”, adianta.

Deixe seu Comentário