Rádios On-line

Indecisão inviabiliza debate em Três Lagoas

A indefinição dos dois principais candidatos na corrida eleitoral em Três Lagoas em debate na TV Concórdia Canal 13 e rádio Cultura FM 106,5 Mhz, acabou inviabilizando o evento, que seria realizado nesta quinta-feira, 27.

27 SET 2012 - 07h:21Por Redação

A indefinição dos dois principais candidatos na corrida eleitoral em Três Lagoas, Ângelo Guerreiro (PSD) e Márcia Moura (PMDB), sobre a participação em debate na TV Concórdia Canal 13 e rádio Cultura FM 106,5 Mhz, acabou inviabilizando o evento, que seria realizado nesta quinta-feira, 27.

No dia 29 de agosto o diretor geral do Grupo RCN de Comunicação, Rosário Congro Neto, formalizou convite aos candidatos Márcia Moura (PMDB), Ângelo Guerreiro (PSD) e Luiz Antônio Martins (PRP), por meio de ofício aos representantes das coligações Unidos por Três Lagoas, Três Lagoas de Todos e ao Partido Republicano Progressista. O ofício informava a data de 27 de setembro para o debate e convocava para 3 de setembro, às 9h30, reunião preparatória com a finalidade de discutir, estabelecer e aprovar regras consensuais para viabilização do evento.
O objetivo do Grupo RCN de Comunicação era ampliar o espaço para que os candidatos a prefeito de Três Lagoas apresentassem aos eleitores suas propostas e programas de governo para a próxima administração. Em Aparecida do Taboado e Paranaíba foi proposto debate no rádio, entretanto, somente nesta última cidade o evento se concretizou. Em Aparecida do Taboado, somente dois dos quatro candidatos concordaram em debater.
 O candidato Dr. Tidico compareceu e de pronto concordou com as regras do debate. A candidata Márcia Moura enviou assessoria para conhecer as regras do debate, que foram encaminhadas ao coordenador geral da coligação Unidos por Três Lagoas, Walmir Arantes. A coligação Três Lagoas de Todos, no entanto, não enviou representante.
 No dia 2 de setembro, ofício assinado pelo representante da coligação Três Lagoas de Todos comunicava que “não obstante a importância do evento, [a coligação] firmou intensos compromissos de agenda, incluindo a referida data, inviabilizando, a princípio, sua participação”, porém, “se compromete a analisar a possibilidade de agenda, visando a ofertar uma resposta conclusiva sobre a pauta”, o que seria comunicado “oportunamente”.
No dia da reunião, 3 de setembro, a coligação do candidato Ângelo Guerreiro alegou conflito de agenda, daí a dificuldade em confirmar participação. Mesmo sem as reuniões preparatórias, a direção da TV Concórdia Canal 13 enviou ofício com as regras do debate no dia 5 de setembro. Na mesma data representante da coligação Três Lagoas de Todos retirou a minuta e apenas o candidato do PRP deu a ciência “de acordo”.
Um dia após a data da reunião que definiria as regras, 4 de setembro, o representante da coligação Três Lagoas de Todos, Cristovam Canela, reafirmou o ofício que havia enviado no dia 2, comunicando que a resposta definitiva dependeria do remanejamento da agenda.
No dia 6 de setembro chegou a manifestação do representante da coligação Unidos por Três Lagoas, Walmir Marques Arantes, afirmando que a candidata Márcia Moura tinha compromisso agendado na data e horário programados para o debate, “porém, reconhecendo a importância dessa iniciativa” haveria “esforços” para mudar a agenda, mas solicitava a confirmação da presença dos demais candidatos.
Como não houve a definição do candidato do PSD, a confirmação ficou indefinida. Somente ontem, na véspera da data prevista, a assessoria da candidata Márcia Moura entrou em contato com o Grupo RCN de Comunicação, reiterando que a participação no debate dependeria da presença de todos os candidatos.
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13