Rádios On-line
11559

Infidelidade de vereador será pauta no Conselho de Ética do PSDB da Capital

7 JAN 2009 - 06h:10Por Redação

Questão de infidelidade partidária será colocada em discussão nesta semana, provavelmente, durante reunião do Conselho de Ética do PSDB de Mato Grosso do Sul, na Capital.

Tal evento se dá por conta da falta de compromisso partidário, conforme a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), que o vereador tucano campo-grandense João Rocha não honrou, após ter participado de reunião que decidiu pelo apoio ao pleito do presidente municipal do partido, vereador Cristóvão Silveira, na corrida pela presidência do Legislativo da Capital.

Desta foram, segundo Silveira, o Conselho de Ètica analisará a atitude do vereador João Rocha que desrespeitou decisão do Conselho Político do partido e votou na chapa de Paulo Siufi (PMDB) para presidente da Câmara, que acabou vencendo a disputa.

João Rocha não só votou contra o colega de partido como participou da chapa adversária e acabou eleito 1º Secretário da Câmara.

Marisa insinuou ainda que o vereador deverá ser punido. “Se não for assim, não moralizamos nunca”, afirmou.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13