Rádios On-line
8504
Prefeitura PROREME 10 a 3011

Lula volta a pedir que não parem de comprar

"Sem produção, não tem emprego. E aí os trabalhadores correrão o risco de ficar sem o emprego?, disse

26 NOV 2008 - 07h:15Por Redação

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, voltou a pedir ontem (25) que a população não pare de comprar por causa da crise financeira internacional. De acordo com ele, o consumo é a melhor forma de garantir a dinâmica da economia e a geração de empregos.
“O trabalhador corre o risco de perder um emprego se ele não comprar. E não comprando o comércio não encomenda para a indústria, e a indústria não produz, disse.
Lula fez essa afirmação ao participar, ontem (25), da cerimônia de entrega de prêmios para os contemplados com as boas práticas do programa Bolsa Família, no Palácio do Planalto.
Por meio de uma campanha publicitária, o governo vai tentar estimular o consumo e passar mais confiança na economia. A campanha terá como slogan “O mundo aprendeu a respeitar o Brasil e o Brasil confia nos brasileiros”. A campanha será exibida durante duas semanas, a partir do dia 10 de dezembro.  .

PROGRAMAS SOCIAIS


A crise financeira não será obstáculo para a manutenção dos programas sociais do governo. A garantia é do presidente Lula.
O presidente da República disse que não haverá corte no orçamento dos programas sociais. “A gente pode até não aumentar o benefício. Mas podem ter certeza que não haverá crise no mundo que me faça tirar um centavo dos pobres”, disse o presidente.
Lula fez essa afirmação na solenidade de entrega de prêmios aos contemplados pelas boas práticas do programa Bolsa Família.
Antes de iniciar seu discurso, o presidente da República voltou a pedir um minuto de silêncio pelas vítimas das enchentes em Santa Catarina. O número de mortes, por causa das enchentes, chegou ontem a 79.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864