Rádios On-line
7866
PREFEITURA TL  MEU BAIRRO LIMPO

Ministro garante ao governador que contorno ferroviário é prioridade

10 AGO 2012 - 10h:30Por Redação

 O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, garantiu ao governador André Puccinelli (PMDB) que a obra do contorno ferroviário de Três Lagoas será prioridade para o governo federal. Ele prometeu ao governador e aos deputados e senadores sul-mato-grossenses, durante reunião realizada na noite desta quarta-feira, que vai priorizar essa obra.

Segundo a assessoria do governo do Estado, o ministro informou que serão necessários R$ 12 milhões para a compra dos trilhos. Passos ressaltou que R$ 3,5 milhões já estão garantidos e foram solicitados ao Orçamento da União mais R$ 11,5 milhões.  O ministro falou ainda sobre a possibilidade de transferir os trilhos, que ainda não foram utilizados em uma obra no Estado de Santa Catarina, para Três Lagoas, já que o contorno ferroviário está à espera desse material. O Ministro irá analisar essa possibilidade.

Entretanto, conforme já anunciado pelo Jornal do Povo, a Procuradoria do DNIT não havia aceitado essa transferência. Por esse motivo, o órgão teria que licitar a compra dos trilhos, processo que poderia levar cerca de três meses. Na última sexta-feira, quando esteve em Três Lagoas, a vice-governadora falou sobre a situação das obras do contorno ferroviário. Ela culpou a burocracia que existe no país para o atraso na obra.

Simone informou que durante seis meses ela e a prefeita Márcia Moura mantiveram contato com a superintendente do DNIT a fim de solicitar a transferência dos trilhos para Três Lagoas, já que o contorno da obra do Estado de Santa Catarina iria demorar mais um tempo para utilizar o material. “Estava tudo certo para que isso ocorresse, entretanto, somente agora o DNIT disse que isso não poderia ser feito”, comentou.

Apesar disso, a vice-governadora já havia informado que o governador André Puccinelli estaria se empenhando para que o governo federal priorizasse a licitação para a compra dos trilhos. “Destacamos que a obra do contorno ferroviário está esperando só os trilhos para ser concluída. Tem de licitar ou transferir os trilhos de Santa Catarina. Nós cobramos isso do ministro”, disse o governador André Puccinelli, durante reunião com o ministro.

OBRA

A obra do contorno ferroviário era para ter sido concluída em novembro do ano passado, depois, foi adiada para abril deste ano. Mas, devido a esse problema da falta dos trilhos, não será concluída neste ano. O contorno terá extensão de 12,4 quilômetros. Já foram gastos mais de R$ 19 milhões na execução dos serviços. A obra foi orçada em R$ 47 milhões e é de extrema importância, já que, após a sua conclusão, deverá modificar o traçado urbanístico da região central da cidade. Isso facilitará a interligação com outros bairros, além de garantir o fluxo do trânsito de veículos, que está estrangulado nas passagens de trens na avenida Rosário Congro e Filinto Müller. 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201