Rádios On-line
RESUMO - POLÍTICA

Ministro rejeita ações de PSDB e PSB contra posse de Lula na Casa Civil

Partidos de oposição ao governo Dilma dizem que nomeação foi inconstitucional

5 ABR 2016 - 07h:53Por Valdecir Cremon

- Ministro do STF, Teori Zavascki, rejeita ações movidas por dois partidos da oposição contra a nomeação do ex-presidente Lula na Casa Civil. Mesmo assim, a posse de Lula continua suspensa depois da decisão liminar, ainda em caráter provisório, do ministro Gilmar Mendes, também do Supremo Tribunal Federal. PSDB e PSB argumentaram que a nomeação foi inconstitucional porque houve desvio de finalidade.

 

- O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, afirmou ontem à Comissão de Impeachment da Câmara dos Deputados que o recebimento de denúncia contra a presidente Dilma pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha, foi um ato de “vingança” e, por isso, caracteriza desvio de poder.

 

- O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, afirmou em depoimento à Polícia Federal, na última sexta-feira, que parte do empréstimo feito pelo fazendeiro sul-mato-grossense José Carlos Bunlai – amigo do ex-presidente Lula – no Banco Schahin (xaim) foi parar na campanha eleitoral do ex-prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos (PDT), em 2004. O total seria de R$ 5 milhões. Hélio, que teve o mandato cassado por corrupção, em 2012.

 

- O empresário Ronan Maria Pinto negou à Polícia Federal (PF) ter conhecimento de elo entre PT e a morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel. Ele também negou que extorquiu dinheiro do PT, no caso em que também envolve José Carlos Bumlai, Delubio Soares e outros políticos petistas. Ronan é dono do jornal Diário do Grande ABC e de empresas do setor de transporte e coleta de lixo, em Santo André.

Deixe seu Comentário