Rádios On-line
8991

PMDB não terá dois nomes ao Senado

9 JAN 2009 - 05h:55Por Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) reafirmou ontem (8) que seu partido não terá dois candidatos ao Senado nas eleições de 2010. “Não vou interferir na escolha, mas ou será Waldemir Moka ou Valter Pereira. Ou vai um ou o outro, eles terão que se entender”, disse.
Valter Pereira que é senador quer disputar a reeleição, mas em seu caminho está o presidente regional da legenda, deputado federal Waldemir Moka que afirma ter chegado sua vez de ser senador. Ele disse que as eleições de 2010 serão discutidas no momento oportuno que segundo ele ainda não chegou. Mas, em ocasiões anteriores já havia defendido que o partido lançasse dois nomes ao Senado.
A possibilidade de dobradinha é rejeitada não só por André, mas também pelo próprio Moka. Eles consideram que será necessário dar espaço aos aliados de forma que uma das vagas ao Senado deve ser aberta para outro partido.
Na mesma ocasião, André foi questionado sobre a disputa interna no PT entre o senador Delcídio do Amaral e o ex-governador Zeca do PT. Sucinto, o governador citou que não quer se meter no problema de outro partido, mas espera que os dois se entendam.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13