Rádios On-line
11559

Por vaga na Assembleia, suplente deixa comando do Ibama

22 NOV 2012 - 17h:55Por Redação

De olho na cadeira do deputado estadual Alcides Bernal (PP) a partir de sua posse na prefeitura de Campo Grande, no começo de janeiro, o ex-deputado estadual Amarildo Cruz (PT) anunciou nesta quinta-feira (22) o desejo de deixar em dezembro o cargo de superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em Mato Grosso do Sul. 

Indicado pela bancada petista no Congresso Nacional para exercer o cargo em Campo Grande, Amarildo completará apenas seis meses no comando de um órgão tão cobiçado pela classe política do Estado. 

Derrotado nas eleições de 2010, quando tentou mais quatro anos de mandato na Assembleia Legislativa, Amarildo assumiu o Ibama no dia 3 de julho deste ano com o compromisso de tornar o órgão uma referência no Brasil.

No entanto, será obrigado a abandonar a missão devido a vitória nas urnas de Alcides Bernal, que sucederá o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) no começo do ano que vem. 

Apesar de seu iminente retorno a Casa, Amarildo não reforçará a bancada petista, uma vez que o deputado estadual Paulo Duarte (PT) foi eleito prefeito de Corumbá, abrindo espaço para o vereador Lídio Lopes (PP), que também assumirá uma cadeira no legislativo. 

A bancada do PT continuará sendo representada por quadro parlamentares a partir do ano que vem – Pedro Kemp, Laerte Tetila, Cabo Almi e Amarildo Cruz. 

Amarildo foi secretário de Habitação no governo de Zeca do PT e depois eleito deputado estadual. Sem conseguir a reeleição, aguardava nomeação para cargo federal, por meio da interlocução da bancada petista no Congresso.

Ele foi o segundo ex-deputado estadual petista a assumir cargo federal este ano no Estado. Em 20 de janeiro o ex-deputado Pedro Teruel (PT) assumiu a função de superintendente estadual da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) em Mato Grosso do Sul, no lugar de Flávio da Costa Britto Neto, que era indicado pelo deputado Geraldo Resende (PMDB). 

Antes de Amarildo chegar ao comando do Ibama, o ex-deputado federal João Grandão (PT) havia sido designado para a superintendência federal da Agricultura no Estado. 

CURRÍCULO 

Amarildo Cruz exerceu mandato de deputado estadual de 2006 a 2010. Bacharel em direito com especialização em Ciência do Direito e Gestão Pública, assumiu cargo de coordenador Geral Tributário e Financeiro da Secretaria de Fazenda, no período de janeiro de 1999 a abril de 2000. 

Ele foi superintendente Geral de Compras do Estado no período de abril de 2000 a julho de 2002 e também Ordenador de Despesas do Estado da Secretaria de Fazenda de MS. 

Amarildo também exerceu os cargos de presidente e secretário do Sindate (Sindicato dos Agentes Tributários Estaduais) e foi membro (suplente) do CEST (Conselho das Estatais de MS) e membro do Conselho Administrativo da Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de MS) e exerceu o cargo de diretor-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), no período de janeiro de 2003 a março de 2006.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13