Rádios On-line
ENTREVISTA

‘Temos que gastar o dinheiro público com coerência’, diz candidato do PHS

Paulo Leite foi o segundo candidato a prefeito de Três Lagoas entrevistado da TVC

21 SET 2016 - 14h:01Por Ana Cristina Santos

O comerciante Paulo Leite de Menezes (PHS) foi o segundo a participar da série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Três Lagoas na TVC- canal 13. O primeiro entrevistado foi o candidato do PSDB, deputado estadual Ângelo Guerreiro.

Nesta quarta-feira (21) foi a vez de Paulo Leite falar um pouco de sua candidatura a prefeito da cidade. Paulo se apresentou e depois respondeu as perguntas elaboradas pela equipe do programa e também de telespectadores.

Paulo Leite disse que resolveu sair candidato no intuito de fazer um debate favorável aos eleitores, que poderão ter opção nesta eleição.

MEIO AMBIENTE
O candidato destacou que o seu partido tem uma preocupação muito grande com o meio ambiente e que, a Lagoa Maior é um dos pontos importantes da cidade que precisa ser cuidada. No entanto, entende que, não apenas a Lagoa, mas as praças dos bairros também precisam de investimentos e revitalização.

POLÍTICA
Ao responder uma pergunta sobre política, disse que o Executivo precisa de apoio da Câmara para governar. Falou ainda da importância dos eleitores escolherem bem os seus representantes no Legislativo para ter vereadores que trabalhem em prol da cidade e não “em favor de si próprio”.

SAÚDE
Em relação à saúde, o candidato disse que o PHS defende a regularização de uma auditoria interna para fiscalizar se os recursos destinados a esta área estão sendo aplicados da maneira correta. Defende também um Conselho Municipal de Saúde composto por representantes da comunidade.

OBRAS
Disse que a execução de obras de drenagem é importante para posterior pavimentação asfáltica. Para o candidato do PHS, a justificativa de que obras de asfalto não são feitas por falta de verba não serve, porque recursos têm.

Caso eleito, Paulo disse que vai utilizar o resultado do estudo realizado pelo Instituto Votorantim sobre a cidade e buscar recursos de financiamentos para aplicar em obras de asfalto e drenagem.

EDUCAÇÃO
O comerciante disse que a educação será prioridade em sua gestão. Construir mais Centros de Educação Infantil para atender a demanda de crianças que estão na fila de espera é meta de seu governo.

TELESPECTADORES
Ao responder uma pergunta de um telespectador sobre o Hospital Regional, destacou que é preciso apoio político para a construção desse empreendimento que, segundo ele, é de extrema importância para a cidade e região. “Não é porque sou do PHS e o governo de outro partido  que ficarei intimidade em cobrar”, respondeu.

Quanto aos buracos nas ruas da cidade, disse que o serviço precisa ser bem feito para as vias não ficarem nessa situação. “Temos que pegar a parte de engenharia e fiscalizar, o trabalho é muito mal feito e o material que utilizam muito ruim”, disse.

O candidato ressaltou  que é preciso “acabar com esse negócio” de asfaltar trechos de ruas e não pavimentar as vias que necessitam serem interligadas do bairro ao centro. Paulo disse ainda que as obras precisam ser executadas com bom material e bem feitas para evitar que os serviços tenham que ser refeitos “Temos que gastar o dinheiro público com coerência”., destacou.

SOCIAL
O PHS, segundo o candidato, tem uma responsabilidade social, por isso pretende desenvolver uma política de “acolher os estrangeiros”. “São todos bens vindos”, disse ao responder uma pergunta de um haitiano. Paulo Leite informou ainda que pretende incluir em seu projeto de governo a implantação de um restaurante popular.

CONSIDERAÇÕES
Paulo Leite agradeceu a TVC pela oportunidade e destacou que a candidatura do PHS representa renovação e mudança de comportamento. “A nossa candidatura representa a quebra do continuísmo dessa administração”, finalizou.

Nesta quinta- feira (22) o entrevistado será Jorge Martinho do PSD.

 

Deixe seu Comentário