Rádios On-line
ELEIÇÕES 2016

Voto de cada eleitor em Três Lagoas custará R$ 2,86

Tribunal Regional Eleitoral prevê gastar R$ 215 mil para atender aos 76 mil eleitores que poderão votar em Três Lagoas em 2016

14 MAI 2016 - 08h:46Por Kelly Martins

O voto de cada eleitor em Três Lagoas vai custar, em média, R$ 2,86 para a Justiça Eleitoral, neste ano. Com 76 mil eleitores aptos a votar nas eleições municipais deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) prevê gastar R$ 215 mil dos cofres do órgão para proporcionar à população a escolha dos futuros prefeito e vereadores. 

A cidade é o terceiro maior colégio eleitoral do estado e o cálculo foi divulgado com exclusividade ao Jornal do Povo. O valor calculado envolve gastos com pessoal, combustível, locação de equipamentos, alimentação, material gráfico, contratação de agentes de segurança e transporte para atender 27 locais de votação em Três Lagoas. 

A diretora-geral do TRE no Estado, Letânia de Brito Coutinho, explica que os principais gastos são com os 896 mesários, distribuição de urnas e contratação de técnico, cuja despesa gira em torno de R$ 35 mil. Para a diretora o custo por eleitor nas eleições deste ano ficou dentro da média dos anos anteriores em Três Lagoas. Ela explicou que houve um aumento no gasto individual porque, desta vez, o TRE e, não, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE),  deverá arcar com os custos de técnicos apoio. 

A última eleição municipal, em 2012, o valor por eleitor foi de R$ 2,14”, ponderou. O município conta com 224 seções eleitorais e o Distrito de Garcias, área rural que fica a 65 km de Três Lagoas, é considerado o local de votação mais distante na região pela Justiça Eleitoral.

Deixe seu Comentário