Rádios On-line

Aparecida do Taboado e Paranaíba registram crescimento do PIB

Municípios aumentaram em até 29% o total de riquezas de um ano para outro, segundo IBGE

14 DEZ 2012 - 07h:18Por Redação

Os municípios de Paranaíba e Aparecida registraram crescimento considerável do Produto Interno Bruno (PIB) entre 2009 e 2010. O aumento da riqueza nesses municípios foi constatado na pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta semana em todo o Brasil.

De acordo com o relatório, que tem como ano base 2010, a soma de todas as riquezas de Paranaíba é de R$ 601 milhões. O montante corresponde a um aumento de 16,7% (R$ 86 milhões a mais) se comparado ao ano anterior (2009), quando a cidade acumulou R$ 515,7 milhões em riquezas.

Os dados do IBGE mostram ainda que o setor que mais contribuiu para o crescimento do PIB na cidade foi o da indústria. Em um ano, o PIB da indústria teve um acréscimo de 86%, saltando de R$ 51,1 milhões, PIB de 2009, para R$ 95,8 milhões em 2010.
Em segundo lugar entre os produtos com maior crescimento, está a agropecuária, com 11%. Em 2009, o PIB neste setor era de R$ 98,5 milhões. Já em 2010, as riquezas produzidas pelo setor saltaram para R$ 109 milhões. Entretanto, embora com pouco crescimento, o setor de serviços permanece sendo o carro chefe do PIB de Paranaíba – quase 50% das riquezas dos paranaibenses são produzidas neste segmento, que teve um acréscimo de 10,4%, e saltou de R$ 303,8 milhões, em 2009, para R$ 332,1 milhões, em 2010.

APARECIDA
No entanto, o crescimento em Aparecida do Taboado foi ainda maior. O município teve um incremento de 29,3% em doze meses. Conforme a pesquisa anual do IBGE, entre 2009 e 2010 o PIB do município aumentou em R$ 102,2 milhões, saltando de R$ 349,3 milhões registrados em 2009 para R$ 451,5 milhões, no ano passado.

Os dados que um dos setores responsáveis por esse aumento foi a indústria. O PIB industrial cresceu em 15,8% em doze meses, o equivalente a R$ 60 milhões a mais entre 2009 (R$ 95,2 mi) e 2010 (PIB Industrial de R$ 155,2 milhões).
Em segundo lugar, está o ramo de serviços, com um crescimento de 7,1% (R$ 22,9 milhões), passando de R$ 157,4 milhões para R$ 180,3 milhões entre os anos pesquisados. Comparada aos outros setores, a agropecuária teve um incremento pequeno, 4,3%, saltando de R$ 61,6 mi em 20096 para R$ 76,1 mi em 2010. O resultado aponta um crescimento do PIB no setor de R$ 14,5 milhões.

A pesquisa do IBGE é feita anualmente, sempre com dois anos de carência e conta com a parceria de órgãos estaduais de estatísticas, secretarias estaduais de governos e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13