Rádios On-line

Aparecida do Taboado terá nova estação de água

Gerente regional do Bolsão diz que obra vai resolver problema da falta de água por 20 anos

25 OUT 2012 - 07h:21Por Arquivo

Entre janeiro e fevereiro de 2013 a Sanesul deve anunciar projeto de construção de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA) em Aparecida do Taboado, obra que deve ser projetada para solucionar o problema de abastecimento da cidade pelos próximos 20 a 30 anos.

Segundo o engenheiro Marcos Malheiros do Amaral, gerente da Regional Bolsão, em Paranaíba, o problema da escassez de água não apenas em Aparecida do Taboado, mas em outras cidades do Bolsão, é sazonal e ocorrem em razão do longo período de estiagem. “Os reservatórios estão secos e o alto consumo por causa do calor provoca a escassez”, disse o engenheiro ao Jornal do Povo.

O técnico em saneamento Júlio César Viana, supervisor da Sanesul em Aparecida do Taboado, disse que o problema verificado no abastecimento da população que mora na parte alta da cidade foi resolvido há dois meses. De acordo com a reclamação dos moradores, por falta de pressão, a água estava chegando às torneiras apenas no período noturno, entre 23h e 24h e sem força suficiente para encher os reservatórios residenciais. Mesmo com a solução ao problema de pressão, as caixas d´água continuam secas.

O gerente regional da Sanesul disse que serão anunciados dois projetos de estação para Aparecida do Taboado e Paranaíba. “Como é preciso ainda preparar o projeto e o processo de licitação, acredito que entre janeiro e fevereiro do ano que vem possamos já anunciar as novidades para a população”, afirmou. Ele lembra que o alto consumo é incontrolável em razão da onda de calor e falta de chuvas, por isso em alguns momentos a falta de água na rede ainda deve ser notada.

Em Aparecida do Taboado a água é captada de uma represa. A ideia é perfuração de novos poços para a implantação da nova Estação de Tratamento. A obra será seguida de um plano de expansão da rede, que hoje atende 6.800 domicílios. 

LICITAÇÃO

A diretoria da Sanesul em Campo Grande informou ao Jornal do Povo que para a regional Leste, que inclui municípios do Alto Paraná (Nova Anderadina, Batayporã e Ivinhema) está aberta licitação para aquisição de conjuntos moto-bomba de eixo horizontal e painel de comando a serem utilizados em estações elevatórias (caixas de água) água tratada. Serão investidos R$ 124.400,12 nos equipamentos.

As três unidades da Sanesul na Regional Leste receberão ao todo 6 conjuntos moto-bomba de eixo horizontal, 4  com a capacidade 175m³ e dois com 120m³ e respectivos  painéis de comando duplo com soft-starter.
 
Os novos equipamentos são muito mais econômicos do que os usados atualmente, e além de reduzir perdas de energia elétrica, melhorarão a qualidade do serviço prestado, com o aumento da oferta de abastecimento de água para a população dos três municípios.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13