Rádios On-line

Em Selvíria, evento aborda integração lavoura, pecuária e floresta

Fazenda São Mateus realiza o 4º Dia de Campo Integração Lavoura, Pecuária, Floresta

1 MAR 2013 - 09h:37Por Redação

A fazenda São Mateus realiza o 4º Dia de Campo Integração Lavoura, Pecuária, Floresta (ILPF) em parceria com a Embrapa e apoio do Sindicato Rural de Três Lagoas e Bunge. O evento será hoje, às 13h, na fazenda São Mateus, em Selvíria. A parceria começou em 2008 e, hoje, a fazenda é uma referência estadual em ILPF para a região do Bolsão, segundo o pecuarista e proprietário, Mateus Arantes.

No evento, serão abordados quatro estudos: ações da Embrapa (Projeto ILPF) na região do Bolsão; sistema ILPF e pecuária de corte; sistema ILPF e produção de grãos e experiências da fazenda São Mateus. Durante o Dia de Campo, os participantes poderão constatar essa realidade e tirar as dúvidas com especialistas de diversas áreas sobre o assunto. 

EXPERIÊNCIA
Na fazenda São Mateus, em uma área de 24 hectares, foram implantados sistemas de integração lavoura-pecuária e integração lavoura-pecuária-floresta. Segundo Arantes, com essa experiência, ele pode comprovar a possibilidade de validar a tecnologia e tornar a pecuária mais competitiva. “Assim, com a recuperação da pastagem, é possível competir em condição de igualdade com as demais áreas agrícolas e ter uma melhor renda com a pecuária”, disse.

Atualmente, numa pastagem degradada, o gado demora de três a quatro anos para atingir o peso ideal para abate. Já em uma boa pastagem o tempo cai para 1 ano e seis meses a dois anos, segundo informações de Arantes. Ele disse também que os frigoríficos têm preferência por gado criado em boas pastagens e pagam até 8% a mais no valor da arroba que, hoje, gira em torno de R$ 90 reais.

Conforme Arantes, esse sistema ILPF pode ser implantado tanto pelo pequeno produtor, quanto por assentados e até os grandes pecuaristas.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13