Rádios On-line

Ex-prefeito de Água Clara fica inelegível por usar dinheiro público para divulgar a própria imagem

Segundo a sentença, ficou comprovado que a publicidade paga com dinheiro da prefeitura tinha como cunho enaltecer a figura do prefeito

30 MAR 2013 - 09h:24Por Redação

O ex-prefeito de Água Clara, Edvaldo Alves de Queiroz (Tupete), do PDT, que é empresário na cidade, foi condenado a ressarcir os cofres públicos e ao pagamento de multa. Em razão da condenação, ele está proibido de realizar contratos com o poder público e teve os direitos políticos suspensos pelo prazo de oito anos.

De acordo com Ação Civil Pública, Tupete é acusado de utilização de recursos públicos para pagamento de serviços para propaganda que, de acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), foram de cunho pessoal. Segundo a sentença, ficou comprovado que a publicidade paga com dinheiro da prefeitura tinha como cunho enaltecer a figura do prefeito e não informar a população sobre as ações do poder público.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13