Rádios On-line

Paraíso busca apoio da Funasa para aterro sanitário

Atualmente, as cidades enfrentam problemas com a destinação de resíduos sólidos

24 ABR 2013 - 09h:06Por Redação

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em Mato Grosso do Sul vai dar suporte a Paraíso das Águas para implantação do programa de destinação de resíduos sólidos. Criado a partir do desmembramento de Água Clara, Costa Rica e Chapadão do Sul, hoje, com 5.300 moradores, Paraíso das Águas busca se ajustar à legislação ambiental que regula a destinação de resíduos sólidos e proíbe lixões a céu aberto e aterros controlados.

Atualmente, as cidades enfrentam problemas com a destinação de resíduos sólidos. Por essa razão, a partir de 2014 eles deverão ser destinados à reciclagem ou colocados em aterros sanitários, para minimizar os impactos ao meio ambiente.

O prefeito Ivan Pereira (Xixi-PMDB) disse ao superintendente da Funasa, Pedro Teruel, que uma das prioridades nesse primeiro ano de gestão do município é a implantação do aterro sanitário e a criação do plano de resíduos sólidos, mas a cidade precisa também implantar rede de esgotamento, que ainda não existe, e complementar o sistema de abastecimento de água com a perfuração de mais um poço.

 “A orientação do superintendente da Funasa, feita no Encontro de Gestores Municipais Consorciados da Assomasul no início deste mês, foi muito importante e colaborou com Paraíso das Águas que está começando a se estruturar enquanto município. A parceria com a Fundação vai dar mais celeridade ao processo de implantação das obras de saneamento básico”, disse o prefeito.

Segundo o Secretário de Meio Ambiente do município, Wilson Matheus, já foi encaminhado à Funasa um ofício com o nome dos componentes da equipe para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) e desenvolver o projeto do aterro, que beneficiará 5.300 moradores. Wilson lembra ainda o interesse de Paraíso das Águas em integrar o Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari) visando ao cumprimento do prazo final para a elaboração do PMSB e a instalação do aterro sanitário, que expira em 2014.

“O prefeito está no caminho certo, afinal, planejar é a melhor forma de fazer um trabalho de qualidade e com economia dos recursos públicos. A Funasa coloca-se à disposição de Paraíso das Águas para prestar apoio técnico e atender às dúvidas na sede da instituição”, disse o superintendente,  Pedro Teruel, que disponibilizou engenheiros e técnicos para elaboração de projetos ao município.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13