Rádios On-line

Prefeitura busca recursos para ampliar rede de esgoto

Robinho define com técnico da Funasa expansão da rede de esgoto

28 MAR 2013 - 08h:28Por Divulgação

O prefeito Robinho Samara Almeida pediu aos engenheiros da Secretaria de Obras projeto técnico para captar mais investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) do governo federal, a fim de ampliar a área de cobertura da rede coletora de esgoto em Aparecida do Taboado.

O edital de concorrência pública referente à primeira etapa, segundo o secretário de Obras Públicas e de Transportes do Estado, Wilson Cabral, deve ser lançado até o dia 10 de abril em Campo Grande pela Sanesul, com investimentos de mais de R$ 5 milhões para expansão da rede e da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na cidade.

O projeto, que tramita desde o ano passado, acelerado após insistências do prefeito junto à Fundação Nacional de Saúde (Funasa), não contemplou o Jardim Imperial I e II, o São Jerônimo e bairros adjacentes que, segundo o prefeito, são as áreas que mais necessitavam da rede de esgoto.

A visita do engenheiro Aristides José Ortiz, chefe da Divisão de Engenharia da Funasa em Mato Grosso do Sul, teve como finalidade avaliar a fase final da vistoria para a apresentação do projeto técnico elaborado pela prefeitura para pleitear a inclusão de Aparecida do Taboado em mais esta etapa do PAC II, estendendo a obra. 

O prefeito explicou que a Sanesul levantou no município, durante a gestão anterior, a abrangência da rede coletora de esgoto, mas os técnicos não receberam a devida atenção e não se atentaram para a necessidade da extensão da obra até a região do Jardim Imperial e bairro São Jerônimo, que acabaram ficando de fora do projeto.

De acordo com o prefeito, o projeto está sendo cadastrado no sistema e o passo seguinte é a apresentação dele junto à Sanesul, que faz a aprovação e encaminha o processo à Funasa.

“Pretendemos inserir este projeto, para que, até o final do ano, a cidade tenha mais uma etapa de rede, e aí, enquanto se realizam as obras que estão para sair, poderemos dar sequência à segunda parte do PAC II para levarmos o esgoto à região esquecida nos últimos anos, que abrange o Jardim Imperial I e II, São Jerônimo, Vila Glória, Rodrigues e adjacências”, disse Robinho. 

A projeção inicial de investimentos para a segunda etapa é de R$ 4 milhões. A prefeitura de Aparecida do Taboado atualmente é uma das poucas no Estado que está acelerando projetos para captação de recursos em saneamento, no qual o prefeito coloca a equipe técnica para trabalhar em conjunto, o que facilita a agilidade de análise dos processos”, disse o chefe de Divisão da Funasa em Brasília.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13