Rádios On-line
7916

Botulismo contamina família em Santa Fé do Sul

21 AGO 2012 - 09h:30Por Redação

 Quatro pessoas da mesma família foram internadas em estado grave na tarde de domingo por botulismo (intoxicação alimentar causada por uma bactéria presente em alimentos contaminados e mal conservados), em Santa Fé do Sul, cidade paulista a 120 km de Três Lagoas. As crianças de 9 e 12 anos permaneciam internadas em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na Santa Casa da cidade, respirando com a ajuda de aparelhos. Até o fechamento desta edição, o quadro das vítimas continuava estável.

Os pais das crianças também continuam internados na UTI, porém, respondem bem ao tratamento. A suspeita é de que a contaminação tenha ocorrido por meio do consumo de mortadela contaminada. A família deu entrada ao hospital apresentando vômito e diarreia, mas após algumas horas o quadro evoluiu. As crianças passaram a ter comprometimento neurológico e parada respiratória. A partir desses sintomas, os médicos chegaram à conclusão de que era realmente botulismo.

Levando em consideração a gravidade da doença, visto que os pacientes teriam pouco menos de cinco horas de vida, os médicos solicitaram o soro de combate à doença. Foi necessário mobilizar o grupamento aéreo da Polícia Militar (PM) da capital paulista para levar o medicamento até o interior do estado. A operação durou duas horas e garantiu a vida da família. Mesmo assim, o estado de saúde de todos ainda é grave.

Os principais sintomas do botulismo são visão dupla e embaçada, fotofobia (aversão à luz), tonturas, boca seca, intestino preso e dificuldade para urinar. À medida que a intoxicação evolui, manifesta-se na dificuldade para engolir, falar e de locomoção. Nos casos mais graves, há paralisia dos músculos respiratórios, que pode ser fatal.

DOENÇA

O botulismo é uma doença que ataca o sistema nervoso e pode provocar a morte. Uma bactéria é responsável pela contaminação presente em alimentos, principalmente os mal conservados. Para se prevenir, é preciso evitar conservas vegetais caseiras e de origem clandestina, como o palmito. É importante ficar em alerta também para conservas de carnes, embutidos e peixes. Se forem mal cozidos e guardados fora da geladeira, podem ser meio de proliferação das bactérias.

Não comprar alimentos em latas estufadas, amassadas ou conservas sem o lacre também é importante. Cozinhar o alimento em conserva antes de consumir também ajuda a matar a bactéria que causa o botulismo. A toxina não tem cheiro nem cor, por isso, muitas vezes o alimento não apresenta sinais de contaminação.

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
JORNAL DO POVO
7300